Arquivo da tag: American Life

Parabéns Madonna – 55 anos da rainha do pop!

b'day aniversário madonna 55 anos

A rainha do pop Madonna completa mais um ano de vida, 55 anos. Para muitos, este número soa alto demais e é sinônimo de aposentadoria. Para outros, de vitalidade e sinônimo de que há muito o que fazer.

Pois então, Madonna, com toda aquela energia e pique que conhecemos, que, inclusive acabamos de vê-la em exaustivos shows, não dá indícios de que irá parar algum dia. Não faz parte de seu vocabulário o ostracismo, e hoje, uma data que para muitos fãs é especial por se tratar de uma pessoa que nos orgulha por todo trabalho que fez nos últimos 30 anos, merece celebrações em todo mundo, afinal, o aniversário dela é como se fosse o nosso, e, afinal, ela…

– Lançou “Holiday” para podermos cantar a exaustão e declarar feriado mundial;
– Ganhou o apelido de “Material Girl” e virou febre mundial com o álbum “Like A Virgin”;
– Não deu aos fãs o registro da tour “Virgin” em DVD (mas pelo menos o temos em LD ou VHS);
– Madonna disse que ia ter seu bebê e teve e brigou com muita gente por isso, até com o pai, que mandou não se meter;
– Nos faz sonhar até hoje com San Pedro;
– Nos faz lembrar que “Spotlight” tocava 50x ao dia no Xou da Xuxa;
– Causou muita confusão com “Like A Prayer”, quebrou contrato com a Pepsi, tirou vantagem disso depois, afinal, de boba Madonna não tem nada, e contestou o catolicismo;
– Madonna mostrou ao mundo o que era o “Girl Power” muitos anos antes que as Spice Girls;
– Madonna teve o vídeo censurado pela MTV, não se fez de ofendida e tratou de lançá-lo em VHS como o primeiro video-single da história;
– Mostrou para as inimigas como elas deveriam se apresentar na TV após sua performance de “Vogue” no VMA;
– Aliás, tem VOGUE na sua discografia…todo mundo se soltando;
– Lucrou com o próprio corpo num livro sensacional, que bateu recorde de vendas, e tornou-se mais uma referência pop. Aliás, virou dona do próprio nariz e montou sua própria gravadora;
– Veio pela primeira vez ao Brasil em 93, com direito a uma suruba simulada no palco e até “bunda suja”. Ah, antes ela já tinha feito sexo consigo mesma numa cama e enfurecido o vaticano por isso na Blond Ambition Tour;
– Gastou milhões em um belíssimo clipe que é considerado uma obra de arte digna de exposição, “Bedtime Story”;
– Não pediu desculpas por tudo, já que é a sua natureza de humana;
– Madonna compilou suas melhores baladas num CD belíssimo com aquelas fotos Versace;
– Ganhou um globo de ouro de melhor atriz por EVITA e fez a crítica engolir de vez o veneno;
– Madonna ganhou grammys com uma preciosidade discográfica chamado de “Ray Of Light”; e aqueles clipes maravilhosos? Quem nunca andou pela praia a noite e não se sentiu no vídeo de “The Power Of Goodbye”?
– Fez a Marília Gabriela subir as tamancas numa entrevista;
– Tacou um som estranho nas pistas, fez o povo torcer o nariz por alguns segundos e depois todo mundo correu pra pista não resistindo as batidas de “Music”;
– Depois de anos sem tour, Madonna voltou pra estrada com o “Drowned World Tour”, mas antes ela casou e teve seu segundo filho, que hoje até dança com ela;
– Sequestrou uma velhinha, atropelou, assaltou um caixa eletrônica, e teve mais um clipe polêmico proibido na MTV;
– Falou umas verdades para o Bush, peitou os EUA, fez dedinho no clipe e no final, ainda beijou Britney Spears e Christina Aguilera no VMA; ah, e depois saiu em tour que acabou virando um documentário que todos os fãs torcem o nariz porque todos querem o show em DVD. Madonna sempre do contra;
– Mas aí colocou novamente o mundo aos seus pés ao som de “Hung Up” e do álbum “Confessions On A Dancefloor”, quebrando recordes;
– Virou uma ativista de primeiro time e hoje é líder em diversas causas humanitárias;
– Se crucificou em pleno palco numa cruz que vale mais que toda a sua grana e fez uma tour maravilhosa e, claro, a igreja novamente esbravejou;
– Gravou um disco pelas coxas, mas se redimiu com uma nova tour e até passou pelo Brasil e fez as linhas da Time 4 Fun explodirem. Muito alvoroço;
– Conheceu um modelo brasileiro (Jesus Luz), todo mundo falou sobre, e até o colocou pra ser o DJ do vídeo de “Celebration”. Ah, lançou sua quarta coletânea e um DVD com quase todos seus clipes;
– Madonna “Comprou” um país;
– Entre 2009 e 2011, Madonna esteve imersa na produção de seu primeiro longa metragem, W.E., o que a fez não se dedicar ao mundo da música durante o período;
– Deu um tempo na música e voltou com tudo cantando seu hino gay num evento esportivo americano batendo recorde de audiência, não superado pela Beyoncé este ano; Madonna arrasou no Superbow, fato!
– Voltou ao Brasil para divulgar o álbum MDNA que, no fim das contas, não teve divulgação e isso irritou todos os fãs do mundo, mas……….
– Lutou contra o preconceito com pessoas mais velhas, e isso a fez mostrar os mamilos e as nádegas durante performances de sua recente turnê, a MDNA Tour, bem como apresentar um vídeo arrebatador para a canção “Nobody Knows Me”, como interlude de seu show. Neste vídeo, há críticas ferrenhas também a machistas, homofóbicos e políticas de extrema direita, como é o caso de Marine Le Pen. Seu último feito foi criticar duramente o governo russo por ter prendido o grupo Pussy Riot após protesto em capital russa, bem como falar abertamente contra a lei anti propaganda gay de São Petersburgo. E com tudo isso…
– Continuamos loucos por ela, e como ela já disse, ela sempre nos compensa com algo sensacional quando pisa da bola. O MDNA Tour está aí pra provar.

Que venha mais 30 anos cheios de saúde, de energia, de muita música, de vídeos, shows, de quebra de regras, de polêmicas, de escândalos, de ousadias, de atitude, ou seja, de tudo aquilo que somente o a persona MADONNA é capaz de oferecer a sua legião de seguidores, afinal, ela é a única que pode se gabar de completar 55 anos e 30 de carreira no auge, em todos os aspectos, em sua sua triunfante jornada. Ela não é a voz de 3 gerações a toa!

Parabéns, Madonna, pelo aniversário de 55 anos!
Como seu fã, só me resta lhe dar todo meu amor.

DVD Madonna – I´m Telling You Secrets (fase 2004)

DVD-Madonna-Im-telling-you-secrets-capa

Sensacional DVD trazendo tudo sobre o lançamento da fase “I´m Going To Tell You A Secret”, de Madonna, e a tour “Re-Invention.” Entrevistas, backdrops, coletivas de imprensa, comerciais de TV do filme e do lançamento do DVD do filme, clipes como o sensacional BEDTIME STORY (2004), exibido como interlude durante a tour. Para completa, toda a exposição em vídeo do fotográfo Steven Klein “X-STATIC PROCESS”.

I’M GOING TO TELL YOU A SECRET
1. Teaser
2. Theatrical Trailer
3. Japonese Promo Rell
4. International TV ADS
5. VH1 Premiere AD
6. Introduction For Logo TV

PREMIERE SPEECHES (Coletivas de imprensa)
7. New York
8. London

9. MADONNA AT HUNTER COLLEGE – Q&E
10. COMMERCIALS – GAP e Motorola

ENTREVISTAS
11. Confessions Of…Madonna (Channel 4 Special With Dermot O’Leary)
12. ‘Talking About A Secret’ – seguimentos de entrevistas
13. UK London Premire Red Carpet
14. US New York Premiere Red Carpet

VÍDEOS
15. American Life (Director’s Cut)
16. Nobody Knows Me (Aviddiva Remix)
17. Hollywood (Aviddiva Remix)
18. The Beast Withing (Steven Klein Reel)
19. Burning Up (Live)
20. Die Another Day (Live)
21. Imagine (Live At Tsunami Aid)

BACKDROP VIDEOS
22. The Beast Within
23. Vogue
24. Nobody Knows Me
25. Frozen
26. American Life
27. Hollywood
28. Die Another Day
29. Bedtime Story

30. Vídeos da exposição X-STATIC PROCESS (Queen, Pulse, Beast, Bed, Coyote, Disposition 4 e 9)dvd-madonna-im-telling-you-secrets-peq

Clique na imagem para ampliá-la.

‘Remixed & Revisited’ de Madonna: 9 anos de lançamento

MadonnaEm 2003, Madonna celebrou seus 20 anos de carreira, para isso, um box set com seus álbuns foi cogitado pela Warner para comemorar a data especial, mas, ao invés, decidiram por um EP de remixes com faixas do álbum “American Life” e dois extras.

Uma faixa inédita de 1994, “Your Honesty”, gravado nas sessões do álbum “Bedtime Stories”, foi finalmente lançado em um CD de Madonna.  Além dele, um remix de “Into the Groove” com “Hollywood”, que fez parte da campanha de 2003 de Madonna para a GAP juntamente com Missy Elliot também entrou no álbum.

As outras faixas incluídas são a performance ao vivo de “Like a Virgin” e “Hollywood” no MTV Video Music Awards de 2003, que causou grande controvérsia (a performance) com Madonna beijando as cantoras Britney Spears e Christina Aguilera. O lançamento chegou ao número 115 da Billboard 200 nos Estados Unidos (vendendo 114 mil unidades nos EUA). O novo EP de Madonna recebeu críticas mistas dos críticos. O álbum de remixes também marcou o seu fim de contrato com a Maverick Records.

As vendas do EP giram em torno de 1,6 milhão de unidades em todo mundo.

“Nothing Fails” (Nevins Mix) – 3:50
“Love Profusion” (Headcleanr Rock Mix) – 3:16
“Nobody Knows Me” (Mount Sims Old School Mix) – 4:44
“American Life” (Headcleanr Rock Mix) – 4:01
“Like A Virgin/Hollywood” Medley c/ Christina Aguilera, Britney Spears & Missy Elliott (2003 MTV VMA Performance) – 5:34
“Into The Hollywood Groove” c/ Missy Elliott (The Passengerz Mix) – 3:42
“Your Honesty” (Canção inédita) – 4:07

Vídeos da fase

GAP Comercial

Vídeo Music Awards 2003 – Like A Virgin/Hollywood com Britney Spears e Christina Aguilera

MDNA Tour Washington: Madonna associa Romney à morte e à violência

Depois de ter escandalizado a França ao sobrepor uma suástica sobre um retrato da líder da Frente Nacional, Marine Le Pen, a Madonna voltou ontem a provocar polêmica na noite de domingo, 23 de setembro, agora nos EUA, durante um concerto em Washington, com candidato republicano Mitt Romney.

Desta vez, numa clara mensagem de apoio ao candidato democrata à presidência dos EUA, Barack Obama, a cantora mostrou imagens dos republicanos Mitt Romney (que concorre com Obama) e Sarah Palin (antiga candidata a vice-presidente), associando-os a uma caveira e a fotografias de ditadores, guerras, confrontos e violência.

Madonna, que não atuava em Washington desde 2004 com a Re-Invention Tour, recordou o seu último concerto na capital norte-americana, quando as suas ideias políticas expressas no “American Life” afetaram negativamente as vendas do álbum.

“É bom estar de regresso a esta cidade, na qual ocorreram tantas coisas boas e inspiradoras, e outras tão asquerosas”, afirmou ontem a cantora nascida em Michigan. “Mas agora estão a ocorrer coisas fantásticas, porque temos feito história e estamos a lutar não somente pelo nosso futuro mas pelo de outras pessoas”, acrescentou, em alusão à candidatura de Barack Obama.

Apoio repetido a Obama

No seu primeiro concerto no Yankee Stadium de Nova Iorque, no passado dia 7, Madonna tirou o sutiã e, de costas para o público, mostrou uma tatuagem autocolante, na qual se lia “Obama!”. “Graças a Deus por Michelle”!”, gritou a cantora, referindo-se à primeira-dama dos EUA.

Também em 2008, na sua tour “The Sticky and Sweet Tour”, Madonna manifestou o seu apoio a Barack Obama em 2008 trazendo um T-shirt  estampada com o retrato do candidato democrata. Nesse mesmi ano, em plena campanha eleitoral, a cantora mostrou uma fotografia de John McCain, o candidato republicano, sobreposta a imagens dos ditadores Robert Mugabe e Adolfo Hitler. Posteriormente, mostrou Obama junto a um ícone da paz, Mahatma Gandi.

E quando Barack Obama ganhou as eleições, Madonna disse num concerto em Las Vegas: “Sim, ganhámos, ganhámos, fizemos história”.

As relações entre Madonna e o Partido Republicano azederam-se principalmente a partir de 2003, nas vésperas da invasão do Iraque, com a apresentação do disco “American Life”, no qual a cantora critica o modo de vida norte-americano e o seu consumismo voraz.

No primeiro videoclip do álbum viam-se modelos vestidos de soldados a maltratarem crianças, sob o olhar complacente de famosos e políticos. No final, um modelo lançava uma granada, que um duplo de George Bush agarrava, acendendo com ela um charuto.

O disco foi um fracasso de vendas, tendo sofrido um boicote por parte de diversas emissoras de rádio.

Madonna, que iniciou o MDNA Tour no dia 31 de maio em Telaviv,  aproveitou a sua performance em “Human Nature” para transmitir mensagens através de tatuagens nas costas, relata o “El País”. Desta forma, quando a Justiça russa condenou as Pussy Riot a dois anos de prisão por vandalismo, Madonna, ao apresentar-se em Moscovo, em agosto, exibiu a mensagem “Liberdade às Pussy Riot”.

Álbum AMERICAN LIFE, de Madonna, completa 9 anos de lançamento

Um dos mais queridos álbuns de Madonna pelos fãs e o mais controverso de sua carreira completa hoje 9 anos de lançamento: AMERICAN LIFE – nono álbum de estúdio lançado em 22 de abril de 2003.

Madonna - American Life álbumO álbum marca o término do contrato de onze anos de Madonna com a Maverick. Foi produzido por Madonna e Mirwais Ahmadzaï, com referências à cultura americana, sendo considerado um álbum conceitual, tendo temas como o “sonho americano” e “materialismo”. Além disso, os temas das canções rejeitam a fama que a cantora ganhou na década de 80 com o single “Material Girl”.

Após seu lançamento, American Life recebeu avaliações mistas de críticos musicais. Alguns elogiaram a nova obra de Madonna, observando a “inovação” em uma época em que o gênero R&B era utilizado por outros artistas, porém alguns o intitularam como “frouxo” e “antipatriótico”. Nos Estados Unidos e no Reino Unido, o novo disco de Madonna estreou no número um de suas paradas musicais, sendo o trigésimo segundo álbum mais vendido de 2003. A Recording Industry Association of America (RIAA) e a British Phonographic Industry (BPI) certificaram American Life com disco de platina, por ter vendido um milhão de cópias nos Estados Unidos e trezentos mil no Reino Unido. Na Alemanha, o disco ultrapassou a marca de 1 milhão de unidades comercializadas.

Madonna lançou 4 singles do álbum (5 se contarmos com “Die Another Day”, lançado meses antes do single de “American Life”, mas que foi incluída no álbum). O primeiro lançamento, a faixa-título, foi recebida negativamente. O clipe foi feito contendo cenas violentas, mas logo após seu lançamento, foi substituído por uma versão editada. “American Life” alcançou a trigésima sétima posição na Billboard Hot 100 e atingiu as dez primeiras posições de algumas paradas musicais. O controverso videoclipe da canção foi filmado nos dias 6 e 7 de fevereiro de 2003 nos Los Angeles Center Studios em Los Angeles, Califórnia. Foi dirigido pelo diretor sueco Jonas Åkerlund.

Antes do lançamento do vídeo, Madonna lançou um depoimento na imprensa dizendo o seguinte: “sorte em ser uma cidadã americana por muitas razões – uma delas é o direito de me expressar livremente. Compreendo que houve matérias sobre meu próximo videoclipe, “American Life”, na mídia – muitas das quais incorretas. Não sou anti-Bush. Não sou pró-Iraque. Sou pró-paz. Escrevi uma canção e criei um vídeo que expressam meus sentimentos sobre nossa cultura e valores e a ilusão de que muitos acreditam ser o sonho americano – uma vida perfeita. Como artista, espero que isto provoque pensamento e diálogo. Não espero que todos concordem com meu ponto de vista. Sou grata pela liberdade de exprimir esses sentimentos e é assim que honro meu país”.

Devido ao intenso clima político dos EUA na época, cujo exemplo mais notável foi a censura sofrida pelas Dixie Chicks após a vocalista Natalie Maines ter declarado num show em Londres que tinha vergonha que Bush era do mesmo estado que ela, Madonna decidiu voltar atrás em relação ao depoimento que tinha lançado na imprensa. Em 1 de abril de 2003, um dia após a estréia do videoclipe em alguns canais de televisão europeus e latino-americanos, e no horário nobre da emissora australiana Nine, Madonna cancelou a estréia do videoclipe nos Estados Unidos e lançou uma nota a imprensa dizendo que não acredita “ser apropriado este vídeo ir ao ar neste momento”. Madonna completou, afirmando que “devido ao estado volátil do mundo e por respeito às forças armadas, que eu apóio e para quem rezo, não quero arriscar ofender aqueles que podem interpretar mal a mensagem deste vídeo”.

Pronto, o cerco contra Madonna e ao álbum AMERICAN LIFE se formou e então um grande boicote pelas rádios aconteceu. Por causa de AMERICAN LIFE, as músicas de Madonna pararam de ser tocadas nos Estados Unidos.

O segundo single, “Hollywood”, não entrou na parada principal de singles norte-americana. “Nothing Fails” e “Love Profusion” foram lançadas como terceiro e quarto singles respectivamente, no entanto, não tiveram muita notoriedade – todo o álbum foi penalizado com toda controvérsia gerada pela faixa-título. A promoção do CD continuou com uma turnê promocional entre abril e maio de 2003, antes de embarcar na Re-Invention Tour, em 2004.

Em uma entrevista à VH1, Madonna discutiu suas motivações por trás do álbum, falou sobre seus 20 anos de carreira e afirmou que “coisas materiais” não são importantes, e também declarou: “Eu olho para trás nos 20 anos de carreira e percebi que um monte de coisas que eu tinha de valor não eram importantes”, em resposta aos temas não-materialistas do álbum.

O álbum foi considerado por alguns como um álbum conceitual, mostrando temas políticos baseados em torno dos Estados Unidos. John Norris da MTV descreveu as três primeiras faixas do álbum, como uma trilogia discutindo coisas que a cantora deseja colocar por trás dela, em resposta Madonna declarou: “Eu acho que eles são uma extensão de American Life”. Eles estão examinando as coisas que eu valorizei e as coisas que eu encontrei me preocupando, me preocupando muito, e percebendo que aquelas coisas não são importantes e querem sair debaixo daquela nuvem, o mundo da ilusão.”

Madonna discutiu as músicas materialistas do álbum e seus encontros pessoais que levaram à composição com a MTV dizendo:

“Quem é melhor para dizer que essas coisas não importam, como a pessoa que experimentou? [As pessoas podem dizer] ‘Como você pode dizer que não importa? Como você pode dizer que o dinheiro não vai lhe trazer felicidade se você não tem um monte de dinheiro? Como você pode dizer que a fama e a fortuna não são uma garantia de felicidade e alegria e satisfação em sua vida? “Você tem que ter esta experiência para saber. Porque você tem todas essas coisas, eu tive todas essas coisas, e eu tive nada, além do caos em torno de mim. Então, eu estou compartilhando o que sei com o mundo. ‘Porque eu acho que nos tornamos completamente consumidos por sermos ricos e famosos, a nossa sociedade foi. E eu só quero dizer as pessoas, levam-a de mim, eu tenho todas essas coisas e nenhuma delas me trouxe um minuto de felicidade.”

Para combater downloads ilegais de músicas do álbum, tanto antes como depois do lançamento do álbum, os associados da Madonna criaram uma série de arquivos de música falsos de durações e tamanhos semelhantes. Alguns desses arquivos continham uma breve mensagem de Madonna dizendo: “O que você acha que está fazendo?” seguido por minutos de silêncio. Um hacker conseguiu dominar a página oficial da cantora e adicionou uma mensagem, dizendo: “É isto que eu acho que estou fazendo…” seguido por links para download de cada uma das canções do álbum. O website de Madonna foi fechado após o ataque por cerca de 15 horas.

Mundialmente, o álbum vendeu mais de 5 milhões de unidades.

Track-listing

• 1. American Life
• 2. Hollywood
• 3. I’m So Stupid
• 4. Love Profusion
• 5. Nobody Knows Me
• 6. Nothing Fails
• 7. Intervention
• 8. X-Static Process
• 9. Mother And Father
• 10. Die Another Day
• 11. Easy Ride

Comercial

American Life Vídeo Censurado

American Life Vídeo Making Of

MADONNA 2012 MDNA CHART: Segundo o Mediatraffic, MDNA debutou em primeiro lugar em todo planeta

Madonna - MDNAComo esperado, o 12º álbum de estúdio de Madonna, MDNA, debutou facilmente em primeiro lugar em vendas em todo planeta com 740.000 cópias em sua primeira semana de vendas. Este número é superior a coletânea CELEABRATION, de 2009, que vendeu na sua melhor semana 323 mil unidades e um pouco inferior ao álbum HARD CANDY, 758.000 mil cópias vendidas na primeira semana.

MDNA é o primeiro álbum de Madonna pela gravadora Interscope. O Box THE COMPLETE STUDIO ALBUMS vendeu 25 mil unidades na última semana. Com isso, o álbum TRUE BLUE ficou como o 39º álbum mais vendido na semana passada, LIKE A VIRGIN #40, RAY OF LIGHT #41, LIKE A PRAYER #42, MUSIC #43, o primeiro álbum de Madonna, MADONNA, como o 44º álbum mais vendido no mundo na última semana, CONFESSIONS ON A DANCEFLOOR #45, BEDTIME STORIES #46, EROTICA #47, EVITA #48 e HARD CANDY no número 49.

O single de GIVE ME ALL YOUR LUVIN’ continua vendendo bem e finalizou a semana no 21º lugar com 116.000 mil cópias. No total, GIVE ME ALL YOUR LUVIN, primeiro single do álbum MDNA, já vendeu o superior a 1.252.000 milhão de unidades.

Vale ressaltar que o MEDIATRAFFIC contabiliza as vendas apenas dos principais países do mundo. A estimativa da gravadora de Madonna é que 1,5 milhão de unidades foram vendidas do MDNA.

Ainda sobre vendas, o site Music Week noticiou que Madonna vendeu 6,2 milhões de álbuns apenas no século 21 no Reino Unido.

– 1.630.000 para MUSIC
– 850.000 para o GHV2
– 340.000 para o AMERICAN LIFE
– 1.350.000 do álbum CONFESSIONS ON A DANCEFLOOR
– 100.000 para os 3 CDs ao vivo lançados.
– 350.000 para HARD CANDY
– 500.000 para CELEBRATION
– 1.100.000 do Immaculate Collection

Nos Estados Unidos, de acordo com as vendas contabilizadas pela Soundscan, desde 1992, Madonna 29.3 milhões de álbuns.

– Madonna – 454,001
– Like a Virgin – 594,568 +
– True Blue – 407,733
– Who’s That Girl? – 50,840
– You Can Dance – 266,122
– Like a Prayer – 590,000 +
– I’m Breathless – 241,061
– The Immaculate Collection – 5,816,464
– Erotica – 1,894,092
– Bedtime Stories – 2,314,146
– Something to Remember – 2,090,586
– Evita – 2,008,556
– Ray of Light – 3,900.000
– Music – 2,945,534
– GHV2 – 1,390,905
– American Life – 685,112
– Remixed and Revisited – 129,658
– Confessions on a Dancefloor – 1,708,294
– Im Going To Tell You A Secret – 90,003
– The Confessions Tour 148,971
– Hard Candy – 739,000
– Celebration – 351,000 +
– Sticky and Sweet 75,000
– MDNA 360,000 +

NÃO DEIXE DE CURTIR A PÁGINA DO MADONNA MADWORLD NO FACEBOOK.

Madonna entra novamente no Guiness Book por bater Elvis Presley na parada inglesa

Madonna - Guiness Book 2012Madonna, entre vários títulos no Livro dos Recordes, entrou novamente esta semana no Guinness World Records devido ao álbum MDNA ter debutado em primeiro lugar no Reino Unido.

MDNA deu a Madonna seu 12º álbum no país tornando-se a artista solo de maior sucesso em todos os tempos no Reino Unido. Elvis Presley estava em primeiro lugar com 11 álbuns #1.

Os álbuns No.1 de Madonna (Like a Virgin, True Blue, Like a Prayer, The Immaculate Collection, Evita (film soundtrack), Ray of Light, Music, American Life, Confessions on a Dancefloor, Hard Candy, Celebration e MDNA) acumulam agora 30 semanas na primeira colocação – mais do que qualquer artista feminina.

Elvis Presley tem 11 álbuns em 1º lugar (Rock ‘n Roll, Loving You (film soundtrack), King Creole (film soundtrack), Elvis is Back!, G.I. Blues (film soundtrack), Blue Hawaii (film soundtrack), Pot Luck, From Elvis in Memphis, 40 Greatest, Elv1s – 30 #1 Hits, The King).

Aos 53 anos de idade, a rainha do pop Madonna detém atualmente 20 recordes mundiais,  incluindo a de maior bilheteria de uma artista feminina com a tour The Confessions Tour, de 2006, que teve 60 apresentações, como também por ser a artista feminina que mais discos vendeu na história da música pop – 30 milhões de discos.

A última vez que Madonna entrou na Guiness Book foi em fevereiro com sua apresentação de 12 minutos no Super Bowl. O recorde foi o de maior audiência de TV em um intervalo de um evento esportivo –  Super Bowl. Madonna atraiu 114 milhões de telespectadores – audiência maior que o evento propriamente dito que era o jogo entre  New York Giants e o New England Patriots.

MADONNA DOWNLOAD: Baixe o CD American Life todo instrumental

Madonna lançou o seu nono álbum de estúdio, American Life, em abril de 2003. A capa do CD mostrou Madonna estilizada como uma guerrilheira fazendo referência ao revolucionário dos anos 60 Che Guevara. Seu foco era fugir do estilo adotado no álbum anterior, MUSIC, e demonstrar seu descontentamento com a guerra do Iraque.

Madonna começou a trabalhar no álbum logo após finalizar sua tour Drowned World Tour. Eis o que ela disse sobre o disco. “O ponto deste álbum foi trazer assuntos não tanto populares. Como obcecados estamos em uma cultura de coisas superficiais, com a forma em como olhamos a vida, a superfície da vida e como nós não prestamos atenção ao que realmente é importante – a forma como tratamos uns aos outros; o tipo de amor e compaixão que mostramos uns aos outros. Esses tipos de coisas não são focados realmente na nossa sociedade, portanto, o que eu tentei fazer foi trazer positivo para este disco. Eu estou tentando inspirar as pessoas e trazer sobre a unidade do mundo. American Life não é apenas um álbum lançado por lançar para me tornar mais rica e famosa, “ disse Madonna sobre American Life em entrevista a rede holandesa de TV BNN.

Se você nunca ouviu o álbum American Life, de Madonna, lançado em 2003, na versão instrumental, clique aqui e baixe o CD completo.

MADONNA 2012 CHARTS: GIRL GONE WILD chega ao primeiro lugar no Billboard Hot Dance Club Play

Madonna - Girl Gone Wild Single Cover Billboard Club PlayMadonna, com o single GIRL GONE WILD, segundo do álbum MDNA, chegou ao topo do Billboard Hot Dance Club Play. Este é o 42º single de Madonna na parada. GIVE ME ALL YOUR LUVIN’ continua no top 10 caindo do 8º para o 10º lugar. GIRL GONE WILD desbancou Beyoncé com o single ‘Love On Top’, que estava na primeira posição. Confira o Top 10:

*G1 *G4 Greatest Gainer
Girl Gone Wild Madonna Live Nation / Interscope
2 *2 Naked Dev & Enrique Iglesias Indie-Pop / Universal Republic
3 *3 Respect Melanie Amaro SYCO / Epic
*4 *5 Never Forget Dave Aude Featuring Lena Katina Audacious
*5 *6 Wild One Two Jack Back Featuring David Guetta, Nicky Romero & Sia Big Beat / Atlantic
*6 *9 Part Of Me Katy Perry Capitol
7 *1 Love On Top Beyonce Parkwood / Columbia
8 7 Domino Jessie J Lava / Universal Republic
*9 *15 Starships Nicki Minaj Young Money/Cash Money / Universal Republic
10 8 Give Me All Your Luvin’ Madonna Featuring Nicki Minaj & M.I.A. Live Nation / Interscope

GIVE ME ALL YOUR LUVIN’ trajetória: 24-9-5-2-1-6-8-10
GIRL GONE WILD: 46-20-7-4-1

Os singles de Madonna #1 no Billboard Hot Dance Club Play

1 Holiday
2 Like A Virgin
3 Material Girl
4 Angel/Into The Groove
5 Open Your Heart
6 Causing A Commotion
7 You Can Dance/Spotlight
8 Like A Prayer
9 Express Yourself
10 Keep It Together
11 Vogue
12 Justify My Love
13 Erotica
14 Deeper And deeper
15 Fever
16 Secret
17 Bedtime Story
18 Don’t Cry For Me Argentina
19 Frozen
20 Ray Of Light
21 Nothing Really Matters
22 Beautiful stranger
23 American Pie
24 Music
25 Don’t Tell Me
26 What It Feels like For A Girl
27 Impressive Instant
28 Die Another Day
29 American life
30 Hollywood
31 Me againts the music
32 Nothing Fails
33 Love Profusion
34 Hung Up
35 Sorry
36 Get Together
37 Jump
38 4 Minutes
39 Give It 2 Me
40 Celebration
41 Give Me All Your Luvin’
42 Girl Gone Wild

MADONNA 2012 – Madonna Box Sets lançados nesta quarta-feira, 4 de abril

A Warner em parceria com a Rhino relançaram os Box Sets em Vinys e o The Complete Studio Albums. O Madonna Box Sets foram lançados hoje, dia 4 de abril, trazendo os cinco primeiros álbuns de Madonna em vinyl como foram lançados originalmente.

MadonnaLike A VirginTrue BlueLike A Prayer e Erotica são os álbuns em questão. O outro lançamento é o Complete Studio Albums trazendo os 11 álbuns de estúdio de Madonna lançados entre 1983 a 2008.