Arquivo da tag: Instagram

Madonna canta Human Nature e beija Drake no Coachella. Ele gostou?

drake madonna kissing coachella 1

Madonna, digamos, causou um certo reboliço na noite deste domingo, 12, no Coachella Festival. Ela foi convidada pelo amigo Drake a cantar “Human Nature” e “Hung Up”, mas Madonna sensualizou e tascou um beijo no rapper. Poderia ter aproveitado e cantado “Bitch I’m Madonna”, do novo álbum REBEL HEART.

Em HD, Madonna cantando “Human Nature” e “Hung Up” e o beijo em Drake? Ele gostou ou não? Deve ter adorado, senão não teria puxado a cabeça dela para ele…

Posted by MADONNA MADWORLD on Segunda, 13 de abril de 2015

Continue lendo Madonna canta Human Nature e beija Drake no Coachella. Ele gostou?

Madonna: quero mais intimidade na Rebel Heart Tour

Madonna conversou com o jornal americano USA Today sobre o disco novo, os filhos, arte e Instagram.

USA TODAY: VOCÊ LEVOU UM BAITA TOMBO OUTRO DIA. COMO SE SENTE?
Madonna: Estou bem, com um galo na cabeça. Bati com ela no chão e machuquei um pouco o pescoço, mas não machuquei mais nada no corpo, o que foi estranho. Fiquei sem hematomas ou arranhões.

VOCÊ ANDA BEM OCUPADA, CERTAMENTE. VOCÊ TRABALHOU COM UM GRUPO ECLÉTICO DE COLABORADORES PARA O ÁLBUM REBEL HEART.
Muitas pessoas que eu não conhecia pessoalmente, apenas o trabalho deles. Geralmente, com um álbum, eu escolho um produtor e leva umas semanas pra gente se conhecer. Daí, a química começa a rolar. Desta vez, eu meio que fui jogada em vários grupos de compositores. Com alguns, senti uma conexão direta… Me senti tão rejuvenescida no simples ato de compor. Me senti de volta a Nova York, Queens, onde eu peguei um violão e compus minha primeira canção. As ideias simplesmente fluíam de mim.

Continue lendo Madonna: quero mais intimidade na Rebel Heart Tour

Movimento Madonna #LIVINGFORLOVEDAY nas redes sociais

madonnarebelheartLIVINGFORLOVEDAY7

HOJE É DIA DO EVENTO EM QUE FÃS DO MUNDO TODO SE MOVIMENTAM EM FAVOR DO SINGLE “LIVING FOR LOVE”, bem no dia do BRIT AWARDS.

– Você como fã, ajude, compartilhe. Use as hashtags ‪#‎livingforlove‬, ‪#‎livingforloveday‬, ‪#‎madonna‬, ‪#‎rebelheart‬ em suas redes sociais, como Instagram, facebook e twitter. Ahhhh, aproveitem e coloquem ‪#‎Radio1‬, ‪#‎BBCRadio1‬ e ‪#‎BRITAWARDS2015‬.

Continue lendo Movimento Madonna #LIVINGFORLOVEDAY nas redes sociais

Não serei politicamente correta pra tocar nas rádios, diz Madonna

madonna living for love video rebel heart 2

Chegando ao prédio da gravadora Universal em Manhattan em uma noite escura e fria, Madonna parecia uma princesa malcriada que veio dar uma lição em seus peões. É uma imagem acentuada não apenas pelo figurino – um blazer preto feito sob medida, com braçadeiras; um apito prateado Chanel, pendurado em um colar, luvas de seda na cor berinjela com um anel de diamantes em formato de caveira –, mas também o empregado que a segue, carregando uma antiga garrafa de vidro com um laço preto amarrado no pescoço. Parece vindo de um desenho, mas é apenas tequila. “Vamos brincar de um jogo com bebida”, anunciou Madonna, colocando dois copos de shots na mesa. “Se você fizer uma pergunta idiota, terá que beber. Mas se fizer uma pergunta incrível, eu terei que beber”. Pausa dramática. “Eu tomarei as decisões, no entanto.”

Continue lendo Não serei politicamente correta pra tocar nas rádios, diz Madonna

“Madonna desespero, aposta triunfos passados apenas para parecer atual”, ataca jornal

madonna instagram Martin Luther King
Martin Luther King Jr

Madonna pediu desculpas em suas redes sociais depois que ela postou fotos em seu Instagram de Martin Luther King Jr. e Nelson Mandela, que foram alterados para se parecer com sua própria imagem em seu novo álbum, a ser lançado em março.

Madonna foi acusada por seguidores e por alguns veículos da imprensa internacional de racismo e de possuir uma autoestima mais do que elevada ao se comparar com as figuras, que marcaram a história por sua luta pela igualdade de direitos entre negros e brancos. “São de mau gosto por diversos motivos. O mais óbvio é Martin Luther King, que com certeza não fez seu discurso de ‘eu tenho um sonho’ para ajudar uma mulher branca e rica a vender discos meio século depois”, diz um trecho do texto publicado pelo site da revista americana Entertainment Weekly.”

Já o Washington Post foi mais fundo: “Madonna vem lutando para se manter atualizada, trabalhando com produtores que permanecem jovens enquanto ela envelhece, vergonhosamente apresentando referências a drogas e apelando ao público da dance music, que ela nem deveria ter que agradar, e, basicamente, desperdiçando um frescor de décadas em troca de manter sua marca pessoal. As tentativas mais ofensivas de manter a relevância estão nas redes sociais dela. Lá, os erros mais frequentes são o que esperamos ver no Instagram de qualquer mãe de meia idade, como fotos com montagens ruins no Photoshop e fotos engraçadas que já foram postadas em vários sites, ou fingir ser bacana com gírias passadas. A maior parte disso é desespero, como se apostasse triunfos passados apenas para parecer “na moda” – por que fazer referência a Warhol e Haring em comerciais pro disco novo montados no Photoshop, uma vez que ambos já trabalharam com Madonna no passado? Apesar disso, hoje em dia, ela decidiu se esforçar mais com uma série de postagens com fotos (mais uma vez) editadas de revolucionários políticos mortos para cobrir os semblantes deles com os fios enrolados ao redor do rosto dela na capa do novo álbum Rebel Heart. É repugnante em vários níveis. O óbvio é que Martin Luther King, Jr. não apresentou seu discurso “Eu Tenho Um Sonho” para promover o disco de uma branca rica meio século depois. E o fato dela usar as imagens de três das mais influentes figuras na moderna luta pelos direitos dos negros – King, Nelson Mandela e Bob Marley –, enquanto a América luta pra considerar sua história de racismo sistemático é algo perplexo, pra dizer o mínimo,” atacou ofensivamente o jornal.

“No entanto, o ponto mais decepcionante da mini-campanha dela é o tom nada original. Anunciantes têm usado King há tanto tempo que o conceito se tornou um clichê. A campanha Think Different, da Apple, que tem sido ecoada pelos tuítes de Madonna, já usou Mandela.”

Nelson Mandela, ex-Presidente da África do Sul

Em um comunicado em sua página oficial do Facebook, Madonna explicou: “Eu sinto muito. Eu não estou me comparando a ninguém. Estou admirando e reconhecendo que eles também eram corações rebeldes (Rebel Hearts). Isto não é um crime, um insulto ou racismo”.

A capa do novo álbum de Madonna trás a rainha do pop em close-up com cortas pretas, o que acabou tornando-se um viral, com inúmeros memes na internet com fotos de outros artistas e de de fãs.

Bob Marley

Continuando, na pressa, Madonna continuou em um post cheios de erros de ortografia (corretor ortográfico (talvez, um saco): “– Fiz a mesma coisa com Michael jaclson (ela se referia ao cantor Michael Jackson), frida khalo (Frida Kahlo) e marilyn monroe… Estou dizendo que sou como eles? Não. Estou dizendo que eles também são corações rebeldes. Espero fazer um dia um centésimo do que eles fizeram. Eu apenas compartilhei estas fotos enviadas por fãs, mas eles, tampouco, são racistas. Pode me colocar na mesma categoria, agradeço.

Madonna enfurecida: 11 novas demos do novo álbum caem na internet

madonna demos novo álbum iconic caem na web

Jogada de Marketing ou não, 11 novas demos do próximo álbum da rainha do pop Madonna cairam na internet nesta quarta-feira, 17. Seu novo CD, sucessor do explosivo “MDNA”, acabou caindo na web antes mesmo do lançamento oficial ser anunciado, que aconteceria apenas em março de 2015. Na semana passada, vazaram “Wash All Over Me” e “Rebel Heart”, o que causou a ira de Madonna no Instagram com a seguinte declaração com uma foto de um Ipod quebrado: “Este iPod quebrado é o símbolo do meu coração quebrado! De que a minha música foi roubada e vazada! Eu fui violada como um ser humano e artista”.

A notícia derrubou forninhos, fez a felicidade de muitos fãs e se tornou um viral nas redes sociais. E por se tratar de Madonna, claro, já tem muita gente que não resistiu a tentação e foi correndo dar uma conferida no projeto final. Madonna que não deve estar nada feliz com isso, já que o CD não vazou com dias, semanas, mas sim, meses de seu lançamento oficial.

As faixas vazadas são: Addicted (The One That Got Away), Bitch I’m Madonna, Borrowed Time, Heartbreak City, Illuminati, Joan of Arc, Living for Love, Make the Devil Pray, Messiah, Revolution, Unapologetic Bitch.

Com parcerias incríveis como Diplo, Avicii, Alicia Keys, Nicki Minaj e muito mais, a nova produção de Madonna promete arrasar. “Unapologetic Bitch”, “Iluminati”, “Heartbreak City”, “Bitch I’m Madonna” e muitas outras músicas prometem disparar no topo das paradas em breve. Em todo caso, Madonna está em trabalho em vários produtores e já gravou mais de 60 músicas para o álbum, e pode acontecer de nenhuma delas acabarem na seleção final do novo disco.

Em todo caso, a equipe de Madonna já está correndo atrás do prejuízo e a caça do autor destes vazamentos, que já vem acontecendo com fotos sem tratamento (outtakes).

Enquanto isso, circulam rumores que o novo álbum, ainda sem título, pode ainda ser lançado de surpresa no iTunes, uma vez que Madonna sairá em tournê mundial no meio de 2015.

Enquanto muitos artistas viram sua carreira disparar este ano, outros foram atormentados pelos hackers, que fizeram de tudo para 2014 se tornar um ano recorde de CDs vazados. Queridinhos do momento, One Direction, Taylor Swift e Ariana Grande também viram todo o seu marketing de lançamento ir pelo ralo dias antes da divulgação oficial.

No entanto, mesmo com todas as músicas reveladas, os álbuns “Four”, “1989” e “My Everything” se tornaram um dos mais ouvidos do ano. O fato das músicas terem caído na web, inclusive, renderam ainda mais notícia para os astros. Estariam os espertinhos da internet atrapalhando ou dando uma colaboração indireta para os músicos?

Madonna se pronuncia no Instagram

“Obrigada por não ouvir! Obrigada pela sua fidelidade! Obrigada por esperar e se você ouviu saiba que são demos não finalizadas que foram roubadas e não estão prontas para serem apresentadas ao mundo.”

MADONNA FALA SOBRE O ROUBO DO NOVO ÁLBUM NO INSTAGRAM

O próximo single de Madonna está pronto!

diplo madonna novo álbum

Em entrevista para a rádio BBC, o produtor Diplo revelou informações sobre sua colaboração, afirmando que o primeiro single do novo álbum de Madonna já foi finalizado. Eis um trecho:

“Nunca esperei conquistar muito com ela. Apenas senti que nos encontraríamos, tentaríamos algumas coisas. Ouvi dizer que é bem difícil dela trabalhar com muitos produtores diferentes.

Tivemos uma boa química no estúdio. Ela estava interessada no que eu fazia. Temos algumas canções bastante…uma podia até ser uma faixa eletrônica. A batida era insana.

Fizemos muita coisa. Acho que ela usará cinco ou seis das canções que criamos. Terminamos o primeiro single na semana passada, em Nova York, então estou bem, bombando a mixagem.

Ela é uma lenda! Temos uma canção que é meio retrospectiva, com letras da carreira e notícias sobre ela (dos últimos 30 anos). Estou muito animado com este projeto. É legal ter alguém como ela acreditando em nós.”

Novo álbum de Madonna próximo? Detalhes

madonna-novo álbum 2014

O site Madonnarama confirma que Madonna já gravou mais de 40 músicas em estilos diferentes para o novo álbum. Após uma conversa via Skype com um contato anônimo, os responsáveis pela página ouviram faixas de várias sessões de gravação.

Madonna trabalhou com muitos produtores e colaboradores, incluindo Avicii, Diplo, Natalia Kills, Martin Kierszenbaum, S1, Toby Gad, MoZella, MNEK e até mesmo Pharrell! Algumas canções estão incrivelmente boas; outras, esquecíveis. Porém, apenas Madonna decidirá quais estarão no álbum.

As demos originais com Avicii (Rebel Heart, Messiah…) possuem um grande conceito e é tudo o que você pode esperar de um álbum de Madonna. São inteligentes, maduras e ricas, mas não são possíveis sucessos de rádio.

O trabalho de Madonna com Diplo (Bitch, I’m Madonna, Living For Love, Unapologetic Bitch…) é mais voltado ao Electro Pop. Algumas faixas se encaixam no formato de rádio, embora soem um pouco imaturas às vezes.

A colaboração de Toby/MoZella/S1 (Iconic, Body Shop, Joan Of Ark…) produziu ótimas canções, contrastando com as sessões de Natalia Kills e Martin Kierszenbaum, que não foram muito interessantes.

Nem precisa dizer que, com quase 50 canções, Madonna possui material suficiente para lançar um álbum duplo. Muitos títulos já foram revelados no Instagram, mas estão escondidos em conversas aleatórias de Madonna. O Madonnarama confirma que as seguintes faixas (mencionadas por Madonna) foram gravadas nas sessões do novo álbum.

– Autotune Baby
– Bitch, I’m Madonna
– Body Shop
– Holy Water
– Iconic
– Inside Out
– Joan Of Ark
– Living For Love/Carry On
– Messiah
– Rebel Heart
– Unapologetic Bitch
– Veni Vedi Vici
– Wash All Over Me

As seguintes faixas não foram mencionadas por Madonna em qualquer mídia social, mas foram confirmadas:
Addicted/The One That Got Away

Lembre-se de que nenhuma lista final foi selecionada ainda. Eis algumas descrições das faixas:

ADDICTED/THE ONE THAT GOT AWAY

Esta incrível faixa é outro exemplo pessoal para Madonna. Ela fala sobre estar enfeitiçado por um amor venenoso, e como a dor pode se tornar um vício. Além disso, a canção fala de pessoas manipuladoras quando estão apaixonadas.

“Estou viciada naquele que fugiu”, canta Madonna, ao ver a vida pelas mentiras de seu parceiro: “Sua verdade é uma mentira… Amarga, mas tão divina”. É uma canção amarga e poderosa sobre Madonna sendo atraída pela escuridão. Ela sabia que seria magoada, mas se arriscou assim mesmo e o cara fugiu.

Esta faixa inclui guitarras e violões em uma batida infectante. É o melhor do Avicii e, com certeza, deve estar no álbum!

LIVING FOR LOVE/CARRY ON

“Vivo por amor, vou continuar, o amor vai me elevar”, diz esta rápida faixa sobre a santidade da sobrevivência, usando uma luminosa coleção de batidas influenciadas pelos anos 90. Madonna gravou alguns hinos no estilo “Sobrevivi a uma dura separação e sou mais forte por isso”, mas Living For Love/Carry On é, provavelmente, a mais acessível às boates.

Ela garante ao público que seu antigo amor está no passado e que está pronta pra seguir em frente, com uma ajudinha de Deus. Madonna discursa sobre como a permissão ao amor a fortaleceu e a renasceu, mas, ao baixar a guarda, ela esqueceu quem era e não ouviu o alarme. Agora que o amor acabou, ela diz estar pronta pra perdoar, mas jamais esquecer.

Com a ajude de um coral, Madonna entoa uma estranha oração a Deus para ajuda-la a se curar rapidamente e se permitir amar outra vez. Com um refrão que pega na hora, na típica moda Madonna de cantar, ela dá um esporro no ex-namorado, mas há um sabor de festa que faz a separação parecer mais animadora do que amarga.

Embora a versão não-finalizada da canção perca em originalidade, Living For Love traduz o otimismo comovente de Madonna. Ela fala do poder após uma separação, sobre levantar após a queda e dar uma chance ao novo amor.

UNAPOLOGETIC BITCH

A nova faixa de Madonna destaca a proeza sexual do dançarino, além de zombar da falta de riqueza dele, após a separação em 2013 depois de 3 anos de relacionamento.

A canção diz: “Sei que você gostaria que eu ficasse em casa e chorasse. Mas isso não vai rolar, e é por isso: quando aconteceu, vou admitir, não me satisfiz”. Outro verso conta vantagem: “Abro garrafas que você nem pode bancar. Faço festas e você não vai entrar”.

A faixa tem um refrão-reggae, concluído por uma furiosa Madonna contra seu ex-amor com o verso: “Sabe, você jamais saberá o quanto a sua palhaçada me custou, mas foda-se!”.

A faixa, com influências de reggae, afirma a responsabilidade de Madonna em ser considerada uma “vadia”, por ser tão autêntica no que faz. Ela sofreu com a separação no relacionamento de 3 anos com Brahim Zaibat, e a letra de Unapologetic Bitch enfatiza isso: “Eu quase morri, mas estou melhor sozinha”.

Apesar de Madonna ter passado por maus momentos, ela começa a canção dizendo que acordou feliz por saber que ele se foi, e que está pronta pra seguir com a vida. Ela também dá a impressão de que Zaibat demonstrou arrependimentos por deixa-la, no refrão: “Sabe, você jamais soube o quanto me amava até me perder, né?”.

HEARTBREAK CITY

Esta faixa não tem absolutamente nada a ver com Guy Ritchie, mas lida com a recente separação de Madonna e Brahim Zaibat. Há boatos de que mais de uma canção no álbum é sobre o fim do relacionamento, que deixou Madonna mais vulnerável do que a maioria das pessoas acha. Eis alguns versos:

“Me partiu em duas, me arruinou um pouco
Você disse que eu era sua Rainha
Eu tentei te dar tudo
E, agora, você quer sua liberdade”.
“Você colheu o que plantou, um pouco de fama e fortuna, do que eu não mais preciso”
“Você me fez em pedaços, sem nenhuma razão. Deixei você entrar no meu Reino, onde você se fez confortável”.
“Eu amaldiçoo o dia em que nos conhecemos. Esta lembrança me assombra. Queria poder esquecê-la”.

TWO STEPS BEHIND

A canção não é direcionada a Lady Gaga, mas a todas as jovens artistas que tentam roubar a receita de Madonna. Apesar dela ter se divertido no processo de composição e gravação da faixa, é bem possível que ela não esteja no álbum. Eis alguns versos:

“Você é uma copiadora. Cadê meus direitos autorais?
Você é linda e tiro o meu chapeu pra você.”
“Você me estudou o bastante?
Você jamais será como eu, vai apenas desejar.
Toda bagunçada, quem irá te ajudar?
Em sua fantasia, você pode tentar de tudo, mas não será eu”.
“Você pode seguir os passos e honrar sua palavra.
Mas sempre estará atrás de mim”.
Fique ligado para mais detalhes do novo álbum de Madonna!

Madonna comemora aniversário em Cannes, na França

madonna aniversário 56 anos cannes frança (2)
Madonna escolheu uma foto impactante para instigar sobre seu aniversário, na França, em tom de brincadeira, à-la Marilyn Monroe, vestindo nada além de longas luvas pretas e rendadas. Ela escreveu ao seu 1,9 milhão de seguidores no Instagram: “Com minha roupa de aniversário! A garota não se segura! Obrigada por todo o carinho!!!”.


Mais tarde, ela adicionou uma foto do filho de 8 anos, adotado com o ex-marido Guy Ritchie. David se vestiu para impressionar, de terno e chapeu. “Meu acompanhante da noite”, a orgulhosa mãe escreveu.

Madonna e David Band aniversário de Madonna 56 anos

Madonna, a filha mais velha Lourdes, o filho Rocco e os dois filhos adotados David e Mercy passaram o mês de férias no sul da França. Na semana passada, Lourdes foi vista na praia de Cannes com amigos, fumando um cigarro. Recentemente, a fashionista de 17 anos se formou no Ensino Médio em Nova York e iniciará os estudos na Universidade do Michigan em setembro.

Enquanto isso, Madonna foi fotografada vestindo roupas sem combinação, ao embarcar em um iate na chique cidade francesa. Ela combinou uma saia floral abaixo do joelho com um corte de seda comportado, uma jaqueta Adidas de mangas longas e bolinhas brancas com listras ao longo dos braços. A cantora concluiu o visual com um chapéu flexível preto e branco, uma bolsa estampada e sapatos brancos de golfe.

Madonna em Cannes, França, aniversário 56 anos 1

Madonna em Cannes, França, aniversário 56 anos 2

O visual coberto é uma mudança drástica da foto do Instagram desta semana. Madonna postou uma foto da parte de baixo do corpo, vestindo apenas uma pequena calcinha preta de renda, com a legenda: “Me preparando pro aniversário”.

madonna instagram aniversário 56 anos

Em referência às roupas florais atrás dela no banheiro, ela escreveu: “Sim, penduramos nossos vestidos na banheira! Obrigada, Dolce & Gabanna!”.

Parece que os filhos de Madonna estão aproveitando a companhia do namorado da mãe, Timor, de 26 anos. Madonna já havia postado uma foto de Rocco e Timor posando em uma piscina, com a legenda: “A face do meu feriado! #unapologeticbitch”.



A festa de aniversário em Cannes, na França, ao lado da família, do empresário Guy Oseary e algumas celebridades. Ela e a filha Lourdes Maria cantaram a música “La Vie En Rose”.

madonna aniversário 56 anos cannes frança 3

madonna aniversário 56 anos cannes frança 4

madonna aniversário 56 anos cannes frança 6

madonna aniversário 56 anos cannes frança 7

madonna aniversário 56 anos cannes frança 8

madonna aniversário 56 anos cannes frança 9

madonna aniversário 56 anos cannes frança com Guy Oseary empresário

madonna aniversário 56 anos cannes frança

Madonna e Lourdes Maria cantando La Vie En Rose no aniversário de Madonna França 56 anos

No fim da festa, Madonna postou uma foto de sua filha Mercy com a legenda: “Melhor noite de todas”.

Enquanto isso, a cantora se prepara para o lançamento do seu 13º álbum de estúdio. Em julho, Madonna provocou com uma nova canção chamada Messiah, postando um trecho da letra no Instagram. Ela tem trabalhado com produtores de alto nível pro novo álbum, incluindo Diplo, Avicii e Disclosure. William Orbit, que produziu um dos álbums mais bem-sucedidos de Madonna (Ray Of Light), ouviu o álbum, descrevendo-o como “um bom som”.

10 motivos que provam que Madonna virá com um ótimo álbum

2009 MTV Video Music Awards - Press Room

O amor de Madonna pelo Instagram nos permitiu vê-la de novas maneiras – uma orgulhosa mãe de quatro filhos, expert em limpeza, #putasemremorsos – mas, talvez, o melhor do fato da Rainha do Pop ter descoberto a câmera do iPhone é a quantidade de informação sobre o novo álbum que ela tem atirado. Vimos fotos em estúdio, folhas com letra de música e trechos de um coral gospel e de uma orquestra em ação… algo bem emocionante está acontecendo, o que é um alívio. Para muitos fãs, Madonna nunca precisou de um álbum fantástico mais do que agora.

A última vez em que ela recebeu aplausos universais foi em 2005, quando o álbum Confessions On A Dancefloor misturou versos viciantes, letras afiadas e a produção vibrante e animada de Stuart Price para criar um clássico do pop moderno. Desde então, entretanto, as obras musicais de Madonna têm sido um pouco mais imperfeitas. Os ritmos urbanos de Hard Candy (2008) e o pop technicolor de MDNA (2012) tiveram um resultado calmo. Entre os dois, veio a compilação desleixada Celebration. Algumas pessoas, inclusive, foram longe demais e disseram que a Rainha do Pop “havia perdido o talento”.

Claro que isso é besteira. Apesar dos álbuns terem perdido um pouco da qualidade desde Confessions (e, francamente, não há desculpa para Revolver), quando Madonna acerta, ninguém é melhor do que ela. Eis 10 faixas brilhantes que ela gravou desde 2005, que provam que Madonna ainda tem muito talento.

1. Give It 2 Me
Give It 2 Me, o segundo single de Hard Candy, mostra o melhor do trabalho de Madonna com Pharrell Williams. A faixa tem os ritmos hipnóticos de Blurred Lines, sem a letra estranha ou as caretas de Robin Thicke. Como não amar?

2. Devil Wouldn’t Recognise You
Não deixe a introdução lenta te enganar. Esta faixa é mais sombria do que muito material recente de Madonna. Co-produzida por Justin Timberlake, Devil mostra Madonna confrontando um amante cheio de lábia, que se encurralou. É uma das melhores letras escritas por ela em anos.

3. She’s Not Me
Escrita quase no fim do casamento com Guy Ritchie, o ritmo dos anos 80 traz Madonna alertando seu amante que nenhuma outra mulher jamais a vencerá. O melhor deste épico de seis minutos não é a atitude da Rainha do Pop, mas a inacreditável pausa na metade da faixa, que revela um pânico na suposta confiança de Madonna. Conforme ela repete She’s Not Me várias vezes, fica difícil dizer se ela o está desprezando, ou se convencendo.

4. Candy Shop
Sim, é nesta que Madonna rosna My sugar is raw, sticky and sweet (quase 20 vezes, na verdade). Pare um pouco, sacode a poeira e se recupere. Encontre batidas R&B com uma vaga linha de baixo e versos espalhados. Candy Shop pode ser “grudenta e doce”, mas é bem por causa da geleia que é.

5. Celebration (Benny Benassi Remix)
Apesar da versão na compilação Celebration soa um pouco antiquada, o remix em vídeo é justamente uma revelação. Uma produção implacável respira novamente e o destaque é, sem dúvidas, quando tudo se distancia antes do refrão, para terminar numa batida eufórica que simplesmente exige que você jogue os braços pra cima. Ouça no trabalho, por sua conta e risco!

6. I’m Addicted
Esta é a joia na coroa do MDNA. Evocando as batidas bizarras do início do Daft Punk, I’m Addicted é uma produção eletrônica cheia de tensas camadas musicais. No fim, a canção oscila e desmorona em um delírio permanente. O sucesso que ficou de fora.

7. Love Spent
Muitos geralmente reclamam que as letras de Madonna não são mais pessoais – uma crítica rebatida por Love Spent. Apontando o dedo para Guy Ritchie pelo término do casamento, Madonna oscila entre farpas (“Acho que se eu fosse seu tesouro, você teria me apreciado mais”) e o desejo de assumir o valor do dinheiro que ele, aparentemente, amava tanto. O fato da canção trazer ecos de Hung Up é apenas a cereja no topo de um bolo extremamente agridoce.

8. Some Girls
Ela começa com uma sirene de festa rave. Algo mais precisa ser dito? Bem, talvez o fato dela ser uma das canções mais irritáveis de Madonna, por ela citar arquétipos femininos antes de destruí-los com batidas eletrônicas e turvas. “Algumas garotas não são como eu” – não há verdade maior. Um básico hino de destruição!

9. Turn Up the Radio
Fora de contexto, o refrão poderia soar arrastado e sem inspiração, mas, quando parte desta faixa bem construída, Turn Up The Radio é irresistível. É uma fantasia de fuga doce e comovente: quando a vida estiver ruim, tudo dá certo se ligarmos o rádio. Isso, felizmente, é algo que sempre fizemos facilmente por ela.

10. Gang Bang
Estrondosa, ridícula e brilhante. E co-escrita por Mika! Só Madonna!