Arquivo da tag: Aniversário

25 anos da tour Blond Ambition, de Madonna, e seu poder

madonna blond ambition tour

Madonna iniciou a turnê Blond Ambition no dia 13 de abril de 1990, completando 25 anos nesta semana. Além de oferecer ao mundo um auge absoluto – como artista e centro das atenções –, o show mudou o panorama da cultura Pop.

Fãs podem se surpreender ao saberem que não foi a turnê mais rentável de Madonna: a Sticky & Sweet, MDNA e The Girlie Show foram melhores. E mais, só teve 57 apresentações, mas continua relevante até hoje e pode ter sido a mais importante para definir Madonna como ícone musical. Eis 25 razões para isso.

1. Foi a reinvenção do show de turnê;
Hoje, a maioria das turnês são produções em larga escala, com trocas de figurino, efeitos especiais, cenários elaborados e um quê de drama que eleva a experiência a algo mais do que apenas alguém com um microfone. No entanto, nem sempre foi assim. Madonna e o coreógrafo Vincent Patterson mudaram completamente os concertos.

Patterson explicou à revista People em uma entrevista de 1990: “O que mais tentamos fazer foi mudar o formato dos shows. Ao invés de apenas apresentar músicas, queríamos combinar moda, Broadway, Rock e arte performática”.

Continue lendo 25 anos da tour Blond Ambition, de Madonna, e seu poder

Madonna comemora aniversário em Cannes, na França

madonna aniversário 56 anos cannes frança (2)
Madonna escolheu uma foto impactante para instigar sobre seu aniversário, na França, em tom de brincadeira, à-la Marilyn Monroe, vestindo nada além de longas luvas pretas e rendadas. Ela escreveu ao seu 1,9 milhão de seguidores no Instagram: “Com minha roupa de aniversário! A garota não se segura! Obrigada por todo o carinho!!!”.


Mais tarde, ela adicionou uma foto do filho de 8 anos, adotado com o ex-marido Guy Ritchie. David se vestiu para impressionar, de terno e chapeu. “Meu acompanhante da noite”, a orgulhosa mãe escreveu.

Madonna e David Band aniversário de Madonna 56 anos

Madonna, a filha mais velha Lourdes, o filho Rocco e os dois filhos adotados David e Mercy passaram o mês de férias no sul da França. Na semana passada, Lourdes foi vista na praia de Cannes com amigos, fumando um cigarro. Recentemente, a fashionista de 17 anos se formou no Ensino Médio em Nova York e iniciará os estudos na Universidade do Michigan em setembro.

Enquanto isso, Madonna foi fotografada vestindo roupas sem combinação, ao embarcar em um iate na chique cidade francesa. Ela combinou uma saia floral abaixo do joelho com um corte de seda comportado, uma jaqueta Adidas de mangas longas e bolinhas brancas com listras ao longo dos braços. A cantora concluiu o visual com um chapéu flexível preto e branco, uma bolsa estampada e sapatos brancos de golfe.

Madonna em Cannes, França, aniversário 56 anos 1

Madonna em Cannes, França, aniversário 56 anos 2

O visual coberto é uma mudança drástica da foto do Instagram desta semana. Madonna postou uma foto da parte de baixo do corpo, vestindo apenas uma pequena calcinha preta de renda, com a legenda: “Me preparando pro aniversário”.

madonna instagram aniversário 56 anos

Em referência às roupas florais atrás dela no banheiro, ela escreveu: “Sim, penduramos nossos vestidos na banheira! Obrigada, Dolce & Gabanna!”.

Parece que os filhos de Madonna estão aproveitando a companhia do namorado da mãe, Timor, de 26 anos. Madonna já havia postado uma foto de Rocco e Timor posando em uma piscina, com a legenda: “A face do meu feriado! #unapologeticbitch”.



A festa de aniversário em Cannes, na França, ao lado da família, do empresário Guy Oseary e algumas celebridades. Ela e a filha Lourdes Maria cantaram a música “La Vie En Rose”.

madonna aniversário 56 anos cannes frança 3

madonna aniversário 56 anos cannes frança 4

madonna aniversário 56 anos cannes frança 6

madonna aniversário 56 anos cannes frança 7

madonna aniversário 56 anos cannes frança 8

madonna aniversário 56 anos cannes frança 9

madonna aniversário 56 anos cannes frança com Guy Oseary empresário

madonna aniversário 56 anos cannes frança

Madonna e Lourdes Maria cantando La Vie En Rose no aniversário de Madonna França 56 anos

No fim da festa, Madonna postou uma foto de sua filha Mercy com a legenda: “Melhor noite de todas”.

Enquanto isso, a cantora se prepara para o lançamento do seu 13º álbum de estúdio. Em julho, Madonna provocou com uma nova canção chamada Messiah, postando um trecho da letra no Instagram. Ela tem trabalhado com produtores de alto nível pro novo álbum, incluindo Diplo, Avicii e Disclosure. William Orbit, que produziu um dos álbums mais bem-sucedidos de Madonna (Ray Of Light), ouviu o álbum, descrevendo-o como “um bom som”.

Crítica: álbum ‘Like A Prayer’, de Madonna, 25 anos

madonna like a prayer album 25 anos years2

Pra comemorar o 25º aniversário, eis uma lembrança de cada faixa do clássico álbum Like A Prayer, de 1989. No início daquele ano, o mundo conhecia Madonna como uma provocadora pop com um estilo sexy e excêntrico. Ela era a maior celebridade feminina do planeta e, mesmo com toda a fama, poucos sabiam quanta dor e dúvida aquela católica de 30 anos que encarava um divórcio vivia. Com Like A Prayer, tudo mudaria.

Gravado durante o término de seu casamento com o ator Sean Penn, Like A Prayer fora o álbum mais introspectivo e eclético de Madonna até então. Diferente dos três antecessores, este misturou um rock clássico e psicodélico com os mais modernos sons de sintetizadores. E agora, um quarto de século depois do lançamento no dia 21 de março de 1989, o álbum não parece nem um pouco antigo. Liricamente, ele fala de crescimento, a superação de um romance ruim, e fazer as pazes com Deus e com a família. Pelo menos duas músicas estão centradas na morte da mãe de Madonna, um trauma de infância que teve grande influência no processo de criação de sua personalidade.

madonna like a prayer album 25 anos years

Antes de Like A Prayer ser lançado, Madonna esclareceu que este não seria apenas mais um álbum. Três semanas antes do lançamento, ela estreou o clipe da faixa-título, o primeiro dos cinco singles top 20. Com imagens de assassinato, amor inter-racial e cruzes em chamas, o clipe contrapôs ideias religiosas e êxtase sexual, deixando algumas pessoas confusas e fazendo todos comentarem. Os Católicos a denunciaram, a Pepsi cancelou os comerciais com ela (e terminou com os planos de patrocinar a turnê). Os fãs, claro, engoliram tudo.

Deixando a controvérsia de lado, Like A Prayer está entre os melhores momentos de Madonna e, ao longo das próximas 10 faixas, o álbum não decepciona. Ele é rítmico, comovente e até um pouco esquisito. Enquanto Madonna é uma artista pura, este álbum é uma de suas melhores coleções. Leia a crítica de faixa a faixa:

Like A Prayer

Que forma ótima de começar um álbum. Primeiramente, guitarras distorcidas e um forte baque. Daí, um canto gospel enigmático e revigorante. É a junção de Thriller com o misticismo católico, e Like A Prayer é ótima mesmo sem o vívido clipe. Não é de se estranhar que chegou ao primeiro lugar logo um mês após o lançamento.

Express Yourself

A festa continua da igreja à elevação de Madonna, na qual ela observa suas joias e os lençóis de seda, e decide que prefere ter um homem que se conecta aos seus sentimentos. É sua versão bem alta e vibrante de Can’t Buy Me Love, e subiu ao segundo lugar.

Love Song

Esta colaboração entre Madonna e Prince é o equivalente dos anos 80 à parceria da Mulher Maravilha com o Batman. Com o seu poder de estrela, a faixa é leve, e, com o típico som da guitarra de Prince em meio aos sintetizadores de Madonna, as divergentes sensibilidades musicais seguem o tom da letra – eles não se conectam tão bem.

Till Death Do Us Part

Com o fim do casamento tumultuado com o ator Sean Penn, Madonna reflete sobre as brigas tornadas públicas – “Ele começa a gritar, os vasos voam” – e a distância emocional que condenou o casal. A guitarra e o teclado criam o sentimento de cansaço que contrasta bem com os vocais cheios de atitude de Madonna.

Promise To Try

Claramente uma canção direta sobre a morte da mãe de Madonna, esta balada no piano é realmente complexa. Ela canta para si mesma aos 5 anos de idade, e, além de dar conselhos – “Não esqueça do rosto dela” – ela pede perdão. Ela sabe que errou e teme ter decepcionado a mãe e a si mesma.

Cherish

Uma bem-vinda sobrevida após Promise To Try, o terceiro single do álbum é uma canção alegre sobre o amor verdadeiro. A única razão concebível para esta não ter chegado ao primeiro lugar: A América gosta da Madonna mais provocativa.

Dear Jessie

Esta divertida fantasia pop poderia ter vindo do álbum Around The World In A Day, do Prince, embora ele não tenha nada a ver com a canção. Madonna a compôs e produziu com Patrick Leonard, cuja filha foi a inspiração. Ouvindo novamente, é óbvio que Madonna estava destinada à maternidade.

Oh Father

Uma companhia a Promise To Try, esta canção sobre a tensa relação de Madonna com o pai não abre muito espaço para imaginação. Quando criança, ela se sentiu traída pela decisão dele de se casar novamente e, em uma entrevista em 1989, ela levou seu espírito rebelde e independente de volta ao sentimento de solidão que sentira ao ter seu pai “roubado” pela madrasta. Apesar de dificilmente ser uma faixa bacana, ela ressoou aos ouvintes e chegou ao número 20.

Keep It Together

Conforme as oito faixas anteriores atestam, Madonna teve alguns problemas familiares. Mas, nesta faixa vibrante, ela oferece paz ao pai e aos irmãos, insistindo que o sangue é “mais forte do que qualquer circunstância”. Na oitava posição nas paradas em março de 1990, Keep It Together tem uma melodia tensa.

Spanish Eyes

Esta balada com sabor latino fala tanto sobre AIDS quanto sobre violência de gangues, e a ambiguidade – um tema de debate entre os fãs até hoje – mostra o quão longe Madonna chegara desde Everybody e Borderline.

Act Of Contrition

Tendo usado as últimas 10 faixas para cavar emoções profundas, Madonna relaxa um pouco. Com guitarras de lamento e loops ao avesso, ela esvazia os pensamentos, sem a certeza de estar confessando seus pecado e reservando um lugar no Céu ou um quarto em um hotel da moda. “Como assim, não está no computador?”, ela pergunta, terminando a faixa à verdadeira moda de Madonna, com a boa e velha piscadinha.

Fonte: (Billboard)

Madonna comemora aniversário e agradece aos fãs

madonna-aniversário-55-anos-nice-franca

O aniversário de Madonna foi comemorado por ela e amigos, na última sexta-feira (16), com uma festa temática chamada “Revolution of Love”. No Instagram, o fotógrafo Cuneyt Akeroglu e o estilista Riccardo Tisci postaram fotos do evento. Madonna está de férias no sul da França com a família e amigos, e a festa aconteceu na cidade de Nice.

Em uma das imagens, Madonna aparece sentada no colo do namorado, Brahim Zaibat, usando corpete, peruca loira, luvas, meia-calça e um tapa-olho em formato de coração. Madonna usou o corselete usado no primeiro bloco da tour “Re-Invention”, de 2004.

Na sexta-feira, quando completou 55 anos, Madonna agradeceu aos fãs através de sua página no Facebook, todas as felicitações recebidas:

“A melhor maneira de celebrar o meu aniversário e a vida em geral é ser grata!! E eu não tenho nada, mas tenho apreço por todos os meus fãs que me apoiaram no decorrer dos anos. Eu sinto o seu amor e é o que me inspira! Ele me mantém!. Obrigado por lutar contra a revolução do amor comigo!”

madonna-aniversário-55-anos-nice-franca2 madonna-aniversário-55-anos-nice-franca3 madonna-aniversário-55-anos-nice-franca4 madonna-aniversário-55-anos-nice-franca5 madonna-aniversário-55-anos-nice-franca6 madonna-aniversário-55-anos-nice-franca7 madonna-aniversário-55-anos-nice-franca8 madonna-aniversário-55-anos-nice-franca9 madonna-aniversário-55-anos-nice-franca10 madonna-aniversário-55-anos-nice-franca11 madonna-aniversário-55-anos-nice-franca12 madonna-aniversário-55-anos-nice-franca13 madonna-aniversário-55-anos-nice-franca14 madonna-aniversário-55-anos-nice-franca15 madonna-aniversário-55-anos-nice-franca16 madonna-aniversário-55-anos-nice-franca17 madonna-aniversário-55-anos-nice-franca18 madonna-aniversário-55-anos-nice-franca19

Parabéns Madonna – 55 anos da rainha do pop!

b'day aniversário madonna 55 anos

A rainha do pop Madonna completa mais um ano de vida, 55 anos. Para muitos, este número soa alto demais e é sinônimo de aposentadoria. Para outros, de vitalidade e sinônimo de que há muito o que fazer.

Pois então, Madonna, com toda aquela energia e pique que conhecemos, que, inclusive acabamos de vê-la em exaustivos shows, não dá indícios de que irá parar algum dia. Não faz parte de seu vocabulário o ostracismo, e hoje, uma data que para muitos fãs é especial por se tratar de uma pessoa que nos orgulha por todo trabalho que fez nos últimos 30 anos, merece celebrações em todo mundo, afinal, o aniversário dela é como se fosse o nosso, e, afinal, ela…

– Lançou “Holiday” para podermos cantar a exaustão e declarar feriado mundial;
– Ganhou o apelido de “Material Girl” e virou febre mundial com o álbum “Like A Virgin”;
– Não deu aos fãs o registro da tour “Virgin” em DVD (mas pelo menos o temos em LD ou VHS);
– Madonna disse que ia ter seu bebê e teve e brigou com muita gente por isso, até com o pai, que mandou não se meter;
– Nos faz sonhar até hoje com San Pedro;
– Nos faz lembrar que “Spotlight” tocava 50x ao dia no Xou da Xuxa;
– Causou muita confusão com “Like A Prayer”, quebrou contrato com a Pepsi, tirou vantagem disso depois, afinal, de boba Madonna não tem nada, e contestou o catolicismo;
– Madonna mostrou ao mundo o que era o “Girl Power” muitos anos antes que as Spice Girls;
– Madonna teve o vídeo censurado pela MTV, não se fez de ofendida e tratou de lançá-lo em VHS como o primeiro video-single da história;
– Mostrou para as inimigas como elas deveriam se apresentar na TV após sua performance de “Vogue” no VMA;
– Aliás, tem VOGUE na sua discografia…todo mundo se soltando;
– Lucrou com o próprio corpo num livro sensacional, que bateu recorde de vendas, e tornou-se mais uma referência pop. Aliás, virou dona do próprio nariz e montou sua própria gravadora;
– Veio pela primeira vez ao Brasil em 93, com direito a uma suruba simulada no palco e até “bunda suja”. Ah, antes ela já tinha feito sexo consigo mesma numa cama e enfurecido o vaticano por isso na Blond Ambition Tour;
– Gastou milhões em um belíssimo clipe que é considerado uma obra de arte digna de exposição, “Bedtime Story”;
– Não pediu desculpas por tudo, já que é a sua natureza de humana;
– Madonna compilou suas melhores baladas num CD belíssimo com aquelas fotos Versace;
– Ganhou um globo de ouro de melhor atriz por EVITA e fez a crítica engolir de vez o veneno;
– Madonna ganhou grammys com uma preciosidade discográfica chamado de “Ray Of Light”; e aqueles clipes maravilhosos? Quem nunca andou pela praia a noite e não se sentiu no vídeo de “The Power Of Goodbye”?
– Fez a Marília Gabriela subir as tamancas numa entrevista;
– Tacou um som estranho nas pistas, fez o povo torcer o nariz por alguns segundos e depois todo mundo correu pra pista não resistindo as batidas de “Music”;
– Depois de anos sem tour, Madonna voltou pra estrada com o “Drowned World Tour”, mas antes ela casou e teve seu segundo filho, que hoje até dança com ela;
– Sequestrou uma velhinha, atropelou, assaltou um caixa eletrônica, e teve mais um clipe polêmico proibido na MTV;
– Falou umas verdades para o Bush, peitou os EUA, fez dedinho no clipe e no final, ainda beijou Britney Spears e Christina Aguilera no VMA; ah, e depois saiu em tour que acabou virando um documentário que todos os fãs torcem o nariz porque todos querem o show em DVD. Madonna sempre do contra;
– Mas aí colocou novamente o mundo aos seus pés ao som de “Hung Up” e do álbum “Confessions On A Dancefloor”, quebrando recordes;
– Virou uma ativista de primeiro time e hoje é líder em diversas causas humanitárias;
– Se crucificou em pleno palco numa cruz que vale mais que toda a sua grana e fez uma tour maravilhosa e, claro, a igreja novamente esbravejou;
– Gravou um disco pelas coxas, mas se redimiu com uma nova tour e até passou pelo Brasil e fez as linhas da Time 4 Fun explodirem. Muito alvoroço;
– Conheceu um modelo brasileiro (Jesus Luz), todo mundo falou sobre, e até o colocou pra ser o DJ do vídeo de “Celebration”. Ah, lançou sua quarta coletânea e um DVD com quase todos seus clipes;
– Madonna “Comprou” um país;
– Entre 2009 e 2011, Madonna esteve imersa na produção de seu primeiro longa metragem, W.E., o que a fez não se dedicar ao mundo da música durante o período;
– Deu um tempo na música e voltou com tudo cantando seu hino gay num evento esportivo americano batendo recorde de audiência, não superado pela Beyoncé este ano; Madonna arrasou no Superbow, fato!
– Voltou ao Brasil para divulgar o álbum MDNA que, no fim das contas, não teve divulgação e isso irritou todos os fãs do mundo, mas……….
– Lutou contra o preconceito com pessoas mais velhas, e isso a fez mostrar os mamilos e as nádegas durante performances de sua recente turnê, a MDNA Tour, bem como apresentar um vídeo arrebatador para a canção “Nobody Knows Me”, como interlude de seu show. Neste vídeo, há críticas ferrenhas também a machistas, homofóbicos e políticas de extrema direita, como é o caso de Marine Le Pen. Seu último feito foi criticar duramente o governo russo por ter prendido o grupo Pussy Riot após protesto em capital russa, bem como falar abertamente contra a lei anti propaganda gay de São Petersburgo. E com tudo isso…
– Continuamos loucos por ela, e como ela já disse, ela sempre nos compensa com algo sensacional quando pisa da bola. O MDNA Tour está aí pra provar.

Que venha mais 30 anos cheios de saúde, de energia, de muita música, de vídeos, shows, de quebra de regras, de polêmicas, de escândalos, de ousadias, de atitude, ou seja, de tudo aquilo que somente o a persona MADONNA é capaz de oferecer a sua legião de seguidores, afinal, ela é a única que pode se gabar de completar 55 anos e 30 de carreira no auge, em todos os aspectos, em sua sua triunfante jornada. Ela não é a voz de 3 gerações a toa!

Parabéns, Madonna, pelo aniversário de 55 anos!
Como seu fã, só me resta lhe dar todo meu amor.

Madonna 54 anos: “não tem substituta à altura”

Madonna completa 54 anos
Madonna em Oslo, Noruega, 15/08/2012 - MDNA Tour

A rainha da música pop, Madonna, completa hoje 54 anos. Com três décadas de carreira, Madonna continua no auge entre os principais artistas do mundo. Nascida em Bay City, no estado de Michigan, nos Estados Unidos, em 1958, a americana apareceu pela primeira vez quando lançou o single “Everybody”.

Em turnê mundial de seu 12° disco de estúdio, Madonna continua arrastando multidões de fãs por onde passa. A rainha do pop ainda virá este ano para o Brasil, com uma única apresentação nas cidades do Rio de Janeiro e Porto Alegre e duas em São Paulo. O primeiro show ocorre no Rio, no dia 2 de dezembro; para os paulistas as apresentações serão nos dias 4 e 5; e a passagem pelo País é finalizada no dia 9, na capital do Rio Grande do Sul.

No show de ontem, em Oslo, Noruega, fãs cantaram parabéns em um coro emocionante.

Assista ao vídeo:

Reza a lenda que Madonna – antes de ser Madonna – chegou a Nova York com apenas US$ 35 no bolso. Teria pedido ao taxista para levá-la ao centro de tudo. Acabou na sempre intrafegável Times Square, no coração de Manhattan.

À época, Michael Jackson já estava pronto para se tornar rei. Em pouco tempo, Cyndi Lauper, Prince, George Michael também se consagrariam estrelas de primeira grandeza. E Madonna ainda frequentava os clubes underground para sentir a pulsação da cidade – sempre distribuindo suas primeiras gravações para, quem sabe, cair nas graças de algum DJ.

Quase quatro décadas depois, seus “rivais” acabaram vítimas de suas próprias carreiras. Dá-lhe coletâneas e turnê comemorativa dos 20, 30 e 50 anos de estrada para levantar uma estrela pop cadente – algo que Madonna só fez por obrigações contratuais apenas 2x (GHV2 e Celebration).

Aos 54 anos, a garota que foi criada sozinha pelo pai disputa recordes apenas com ela mesma. Se não vende mais discos com a velocidade das sensações do YouTube e nem ousa como nos tempos de Erotica, é no palco que ela se reinventa. Números de arrecadação estratosféricos à parte, sob os cada vez maiores holofotes de suas turnês a cantora ainda desafia governos, questiona religiões e parece estar sempre querendo provar a ela mesma (e a nós, da imprensa) que pode mais. E de novo.

Madonna é a última de uma linhagem de entertainers que o pop parece ter deixado de produzir. Até agora, não tem substituta à altura. Estamos prontos para perdê-la quando deixar os palcos? Estado de São Paulo