Arquivo da tag: Billboard

Madonna é capa da Billboard

E o sucesso de Glee, com o episódio ‘The Power Of Madonna’ ainda rende. Agora, a galera é capa da revista americana Billboard e, de quebra, tem a Madonna dos anos 80 ali com eles. Ainda nesta edição, comenta-se o sucesso de Take A Bow, que ficou sete semanas consecutivas no topo da Billboard no ano do seu lançamento. O sucesso nos EUA está tão grande, que a revista ainda comenta a volta da Madonna aos charts americanos com força total para um artista que não tem música nova no mercado e as rádios americanas começam a tocar* novamente as músicas da cantora.

Madonna: Billboard Top 40 Music DVD’s 2º semana

1 6 12 Songs From The Heart: Live From Powerscourt House And Gardens Celtic Woman
2 1 2 Sticky & Sweet Tour Madonna
3 2 85 Live In Bucharest: The Dangerous Tour Michael Jackson
4 3 5 Under Great White Northern Lights The White Stripes
5 8 20 An Evening With Il Divo: Live In Barcelona Il Divo
6 19 12 Reunited Gaither Vocal Band
7 7 5 Here I Am Marvin Sapp
8 21 12 Better Day Gaither Vocal Band
9 11 304 Number Ones Michael Jackson
10 9 28 Live In Manila Journey
11 10 21 I Am… Yours: An Intimate Performance At Wynn Las Vegas Beyonce
12 12 10 CMT Invitation Only: Reba Reba
13 16 23 Live From The Royal Albert Hall The Killers
14 13 25 Funhouse Tour: Live In Australia Pink
15 15 225 Farewell I Tour: Live From Melbourne Eagles
16 17 81 Scenes You Know By Heart: The DVD Jimmy Buffett
17 14 84 No Bull: Live From The Plaza De Toros Las Ventas: Madrid, Spain AC/DC
18 20 115 Video Greatest Hits: HIStory Michael Jackson
19 23 54 Performing This Week… Live At Ronnie Scott’s Jeff Beck
20 18 10 It’s Entertainment! Celtic Thunder
21 26 124 The Beyonce Experience: Live Beyonce
22 27 23 Live At The O2: London, England Kings Of Leon
23 28 336 Pulse Pink Floyd
24 33 21 Rock And Roll Hall Of Fame + Museum: Live Various Artists
25 31 122 Live In Las Vegas: A New Day Celine Dion
26 35 93 Where The Light Is: John Mayer Live In Los Angeles John Mayer
27 25 10 Live In Germany: 1980 ZZ Top
28 24 97 Live At Woodstock Jimi Hendrix
29 32 25 Celebration: The Video Collection Madonna
30 39 216 HIStory On Film: Volume II Michael Jackson
31 34 23 Live At Reading Nirvana
32 30 93 Indescribable Louie Giglio
33 29 5 Los Corridos: Prohibidos Los Tigres Del Norte
34 38 32 Flight 666: The Film Iron Maiden
35 18 Live Creed
36 16 Neverender Coheed And Cambria
37 32 Wide Open: Live & More! Jason Aldean
38 53 Primera Fila Vicente Fernandez
39 18 How To Be A Megastar Live! Blue Man Group
40 7 Where The Wild Things Are Steve Vai

No Top 200 álbuns, Madonna teve uma brusca queda, do 10º para o 58º lugar. Temos que levar em conta que o CD+DVD trás apenas faixas ao vivo que já estão na web há quase 2 anos, sem inéditas.

A crise também atingiu o mundo do rock e pop

Cada vez que você ouvir música digital mais e mais pessoas vão aos concertos, resultando em um aumento das receitas para os músicos em detrimento das suas empresas. Uma revista acabou com este mito através da publicação do ranking dos 40 grupos e maior bilheteria autores em 2009.

U2 lidera o ranking de 2009, seguido por Bruce Springsteen e Madonna. Embora os números ainda são astronômicos, torna-se evidente que a crise também fisgou as estrelas do rock e pop, que ganharam menos da metade que em 2008.

A lista da revista Billboard, especializada em avaliações, é mais rigorosa do que outras, pois leva em conta os rendimentos reais dos artistas, e não o dinheiro que eles geram, acrescentando todos os concertos conceitos, royalties, as vendas de CDs, Toques, downloads digitais, e assim por diante.

Assim, em 2009, o número um na lista foi o grupo irlandês U2, que recebeu 108 milhões dólares (78,8 milhões em 2008), seguido por Springsteen ($ 57,6 milhões).

Completando a lista top 10: Madonna (47,2 milhões), AC / DC (43,6), Britney Spears (38,8), Rosa (36,3), The Jonas Brothers (33,5) , Coldplay (27,3), Kenny Chesney (26,5) e Metallica (25,5), segundo o jornal espanhol El País.

Além dos grandes grupos de rock e pop figuram na lista de maiores rendimentos em 2009 o Kings of Leon e Taylor Swifft.

Outro fato que chama a atenção é que o falecido Michael Jackson, apesar de ter suspensa sua turnê, figurou no vigésimo lugar de maior rendimento no mundo da música, além de ser o nome mais vendido em ringtones (toques para celular).

REVOLVER, de Madonna, é #7 na Billboard

Os remixes de REVOLVER, segundo “single” da coletânea CELEBRATION, já alcançaram o top 10 da parada dance da Billboard. Veja:

Hot Dance Club Play Issue date:02/13/2010

TW LW Title Artist Label/Dist Label

*1 *2 Why Don’t You Love Me Beyonce Music World / Columbia
*2 *3 Russian Roulette Rihanna SRP/Def Jam / IDJMG
3 *5 Rain Anjulie Monster/Hear / CMG
*4 *7 On The Floor (Oh Baby Please) Kaylah Marin Epiphany
*5 *8 You Are Tony Moran Featuring Frenchie Davis Dance Music Productions
*6 *9 Bodies Robbie Williams Astralwerks / Capitol
*7 *11 Revolver Madonna Featuring Lil Wayne Warner Bros.
*8 *13 Hard Rihanna Featuring Jeezy SRP/Def Jam / IDJMG
*G9 *G17 (Greatest Gainer) Telephone Lady Gaga Featuring Beyonce Streamline/KonLive /Cherrytree / Interscope
10 *1 Did It Again (Lo Hecho Esta Hecho) Shakira Epic

O maxi-single será lançado no dia 16 de fevereiro.

Artistas mais tocados nas radios nos EUA

…entre os anos de 1997 e 2008!

01. 54,291.533 1992 TIM MCGRAW
02. 52,770.536 1981 GEORGE STRAIT
03. 51,381.109 1961 BEATLES
04. 47,251.993 1992 TOBY KEITH
05. 47,029.535 1993 SHANIA TWAIN
06. 46,712.720 1989 ALAN JACKSON
07. 45,537.841 1968 ELTON JOHN
08. 45,369.084 1993 FAITH HILL
09. 41,087.905 1988 GARTH BROOKS
10. 40,387.966 1993 USHER
11. 39,796.395 1993 KENNY CHESNEY
12. 38,732.274 1991 BROOKS & DUNN
13. 36,453.432 1963 ROLLING STONES
14. 35,488.810 1983 MADONNA
15. 34,981.032 1969 LED ZEPPELIN
16. 34,222.142 1995 LONESTAR
17. 34,209.816 1990 MARIAH CAREY
18. 34,040.428 1991 R. KELLY
19. 33,682.350 1978 U2
20. 33,470.332 1973 AEROSMITH
21. 32,900.709 1969 SANTANA
22. 32,191.958 1972 EAGLES
23. 32,043.138 1964 ROD STEWART
24. 31,544.709 1990 GREEN DAY
25. 31,334.176 2000 NELLY
26. 29,808.551 1971 BILLY JOEL
27. 29,650.267 1991 MARY J. BLIGE
28. 29,574.160 1978 RED HOT CHILI PEPPERS
29. 29,553.580 1981 PHIL COLLINS
30. 28,709.844 1967 FLEETWOOD MAC
31. 28,548.318 1992 MARTINA MCBRIDE
32. 28,518.150 1995 BACKSTREET BOYS
33. 28,284.223 1999 50 CENT
34. 28,045.796 1999 KEITH URBAN
35. 27,891.959 1997 NICKELBACK
36. 27,550.830 1987 CELINE DION
37. 27,422.155 2002 KELLY CLARKSON
38. 27,149.609 2002 BEYONCE
39. 27,050.666 1997 DESTINY’S CHILD
40. 26,980.071 1977 VAN HALEN
41. 26,573.114 2000 RASCAL FLATTS
42. 26,521.108 1987 GOO GOO DOLLS
43. 25,811.547 1981 LUTHER VANDROSS
44. 25,722.141 1999 3 DOORS DOWN
45. 25,636.987 1996 JAY-Z
46. 25,550.909 1997 CREED
47. 25,351.035 1991 PEARL JAM
48. 24,955.355 1999 JENNIFER LOPEZ
49. 24,848.213 1981 METALLICA
50. 24,843.411 2000 LUDACRIS

Madonna entre os 100 mais bem-sucedidos de todos os tempos da Billboard

Madonna é a segunda artista mais bem-sucedida da Billboard em todos os tempos. Para comemorar os 50 anos da revista Billboard, a mesma elaborou uma lista dos 100 artistas mais bem-sucedidos de todos os tempos, levando em consideração a quantidade de #1, #2, Top 10, faturamento e mídia. Então, aí está.

1 The Beatles
2 Madonna
3 Elton John
4 Elvis Presley
5 Stevie Wonder
6 Mariah Carey
7 Janet Jackson
8 Michael Jackson
9 Whitney Houston
10 The Rolling Stones
11 Paul McCartney/Wings
12 Bee Gees
13 Chicago
14 The Supremes
15 Daryl Hall & John Oates
16 Prince
17 Rod Stewart
18 Olivia Newton-John
19 Aretha Franklin
20 Marvin Gaye
21 Usher
22 Phil Collins
23 Billy Joel
24 Donna Summer
25 Diana Ross
26 Frankie Valli & The 4 Seasons
27 The Temptations
28 The Beach Boys
29 Lionel Richie
30 Neil Diamond
31 Carpenters
32 Boyz II Men
33 The Jackson 5/The Jacksons
34 Connie Francis
35 Brenda Lee
36 Barbra Streisand
37 Kenny Rogers
38 Bryan Adams
39 Cher
40 George Michael
41 Bobby Vinton
42 John Mellencamp
43 Three Dog Night
44 Huey Lewis & The News
45 Gloria Estefan/Miami Sound Machine
46 Bon Jovi
47 Ray Charles
48 Chubby Checker
49 Foreigner
50 Kool & The Gang
51 Ricky Nelson
52 Duran Duran
53 Commodores
54 Eagles
55 Paul Anka
56 TLC
57 Barry Manilow
58 Dionne Warwick
59 Gladys Knight & The Pips
60 Heart
61 The Everly Brothers
62 R. Kelly
63 Bobby Darin
64 James Brown
65 Paula Abdul
66 Richard Marx
67 Jefferson Airplane/Jefferson Starship/Starship
68 Destiny’s Child
69 Linda Ronstadt
70 Celine Dion
71 Smokey Robinson & The Miracles
72 Bob Seger & The Silver Bullet Band
73 Fleetwood Mac
74 Bruce Springsteen
75 The Pointer Sisters
76 John Denver
77 Four Tops
78 Tony Orlando & Dawn
79 The 5th Dimension
80 Alicia Keys
81 Captain & Tennille
82 Andy Gibb
83 Air Supply
84 Nelly
85 Roy Orbison
86 The Spinners
87 Queen
88 50 Cent
89 Dion
90 Aerosmith
91 Billy Ocean
92 Tommy James
93 Earth, Wind & Fire
94 Brook Benton
95 Michael Bolton
96 Styx
97 Toni Braxton
98 Neil Sedaka
99 Herman’s Hermits
100 Simon & Garfunkel

Britney Spears – Publicidade negativa ? Quem disse q não funciona também? “Blackout”

Britney Spears, sem saber o que anda fazendo, vem confirmando o que Madonna já disse no passado: “não existe publicidade negativa na música pop” e antecipou o lançamento de seu novo álbum, “Blackout”, que foi lançado nesta semana. O CD estava programado para chegar às lojas somente por volta do fim deste mês, mas como de segundo em segundo suas músicas começaram a vazar, então já viu né.

Ultimamente Britney vem tendo uma grande exposição da mídia não por conta de sua música, alías, nunca teve, mas sim pelos milhões de escândalos que a cantora de “Baby One More Time” vem protagonizando.

Britney perdeu totalmente o controle. Mas, mesmo depois de passar por um ano em que ficou careca, em que foi internada em uma clínica de reabilitação, em que passou por um conturbado fim de casamento, em que deu vexame ao vivo e em cadeia nacional (no Video Music Awards) e em que perdeu a guarda dos filhos, ainda assim ela teve a manha de lançar Blackout, seu novo álbum.

Na música pop de Britney, uma boa produção é tudo, o que colocou a mamãe maluca na posição de não precisar fazer nada no disco (ela co-assina duas faixas). Nem cantar.

A cada faixa ouvimos um efeito digital diferente sobre sua voz: robótico (Piece of Me), Madonna (Heaven on Earth), Gwen Stefani (Toy Soldier), Rihanna (Break the Ice)… mas nunca Britney. Analisando por esse lado, Blackout é um bom disco de pop dançante (as baladas são poucas e fracas), melhor do qualquer outro de Britney. Afinal, neste, a própria cantora tem sua chatice e sua falta de talento vocal anuladas pela cuidadosa e variada produção.

Mas o melhor só virá depois, quando algumas de suas faixas virarem remixes com batidas pesadas. As mais legais para isso são o primeiro single Gimme More e Get Naked. Com Blackout é bem capaz que Britney tenha encontrado no descontrole seu talento. Melhor assim, e mesmo assim, três dias após o lançamento do Blackout, já temos uma previsão de quanto o álbum vai vender. Nos EUA Britney vai atingir o topo da Billboard, com vendas em torno de 380K. Só no 1º dia de vendas, ela vendeu 124 mil discos.

 Britney Spears - Blackout