Arquivo da tag: Borderline

22 razões por que Madonna foi a melhor cantando Borderline no Jimmy Fallon

Madonna - Borderline - Jimmy Fallon - Obama 2016

1) Cantar Borderline não foi a escolha óbvia. Madonna nos surpreende mais uma vez;
2) A nova versão tem uma entrada jazz incrível;
3) Madonna adotou o visual clássico “mulherão”, à la Bad Girl;
4) A voz dela! Simbólica outra vez, Madonna nos lembra de que podemos ser os melhores se quisermos: ela não tem a voz mais incrível, mas sabe cantar;
5) Madonna está feliz;
6) Madonna está confiante. “Vadias, estou aqui!”;

Continue lendo 22 razões por que Madonna foi a melhor cantando Borderline no Jimmy Fallon

Download: Madonna – The First Album Reloaded (The Demos)

CD Madonna - The First Album Reloaded (The Demos) - Download

Em comemoração ao aniversário de 30 anos do primeiro álbum de Madonna, a equipe Madworld e o produtor J. Westside iniciam o projeto #Anthology, revisitando o catálogo de Madonna em versões alternativas.

“The First Album Reloaded (The Demos)” traz todas as faixas em versão mais crua e uma faixa bônus. Não perca tempo, embarque nesta jornada conosco e relembre as três décadas de sucesso da mulher que estabeleceu conceitos e redefiniu a cultura Pop como nunca antes!

Continue lendo Download: Madonna – The First Album Reloaded (The Demos)

Single de “Borderline”, do primeiro álbum de Madonna, completa 29 anos

madonna-borderline
Hoje é aniversário de 29 anos de um dos mais aclamados singles do primeiro álbum de Madonna, “Bordeline.”

Em 1982, Madonna estava trabalhando com o produtor Reggie Lucas no seu primeiro álbum. Ela já compôs três músicas, quando Lucas trouxe uma de sua própria composição para o projeto e chamou de “Borderline”. No entanto, após a gravação da música, Madonna estava descontente com a forma como a versão final saiu. Segundo ela, Lucas usou muitos instrumentos e não considerou suas idéias para a canção. Isto levou a uma disputa entre os dois. Depois de terminar o álbum, Lucas deixou o projeto, sem alterar as músicas com as especificações de Madonna. Assim, Madonna trouxe seu então namorado John “Jellybean” Benitez para remixar “Borderline” e algumas das outras faixas gravadas. O single foi lançada dia 15 de fevereiro e tornou-se o primeiro single Top 10 de Madonna na Billboard e foi Top 20 em diversos países da Europa. Nos Estados Unidos, foi certificado ouro com vendas de 500 mil cópias.

No Reino Unido, foi lançado no dia 2 de junho de 1984 chegando no #56. Foi relançado no dia 01 de janeiro de 1986 e chegou na 2º posição com 310 mil cópias vendidas. Também, foi #23 na Suiça, #12 na Austrália e #1 na Irlanda.

PERFORMANCES AO VIVO

Foi apresentada ao vivo na tournê THE VIRGIN TOUR (mas não tem registro profissional – não entrou no VHS da tour) e numa versão rock em 2008 na STICKY & SWEET TOUR.

O CLIPE

O clipe de Borderline foi dirigido por Mary Lambert, e conta a história de uma modelo que atura uma crise de ciúmes do namorado.

– Australia Kent Music Report[29] 12
– Belgian VRT Top 30[26] 4
– Canadian RPM Singles Chart[19] 25
– Dutch Top 40[27] 3
– Irish Singles Chart[25] 1
– New Zealand Singles Chart[27] 47
– Swiss Singles Chart[28] 23
– UK Singles Chart[22] 2
– US Billboard Hot 100[10] 10
– US Hot Adult Contemporary[10] 23
– US Hot Dance Music/Club Play[10] 2

MADONNA MÚSICA: ANGEL/INTO THE GROOVE completa 27 anos hoje

Madonna - Angel - Into The Groove SingleAngel/Into The Groove, foi o terceiro single do álbum Like A Virgin de Madonna nos Estados Unidos e foi escrito por Steve Bray, foi lançado no dia 10 de abril de 1985 e hoje completa 27 anos.

Sobre Angel, debutou na Billboard na posição 48 no dia 27 de abril em 1985, enquanto o single de Crazy For You era 2º. Depois de 10 semanas, a música alcançou o #5 no Hot 100 da Billboard.

Madonna queria um álbum mais forte, mais orientado para o pop, no caso, o álbum Like A Virgin, daí as canções deveriam refletir este ponto. Uma das primeiras canções que eles, Madonna e Steve Bray, desenvolveram foi Angel. Madonna comentou que a canção era sobre uma garota que caiu em depressão sobre algo, então um anjo apareceu e curou sua alma, fazendo-a apaixonar-se loucamente apaixonada por ele.

A canção foi gravada logo em abril de 1984, mas todo o projeto atrapalhou-se, para grande frustração de Madonna, pelas vendas do álbum Madonna que estava forte nas paradas na época. Angel seria o primeiro single do álbum, mas Madonna mudou de idéia, após a gravação da faixa-título Like a Virgin. Angel foi finalmente lançada como o terceiro single e incluiu a canção “Into the Groove”, como b-side do maxi-single de 12 polegadas.

Madonna tinha inicialmente planejava lançar um videoclipe para “Angel”, mas depois decidiu não fazê-lo, já que cinco clipes de Madonna passavam o dia inteiro na TV. Daí, Warner Bros. e Madonna sentiram que lançando outro vídeo para os canais já saturados poderiam prejudicá-los. Um vídeo promocional, que contém cenas de vídeos de “Burning Up”, “Borderline”, “Lucky Star”, “Like a Virgin” e “Material Girl” foi feito pela Warner Bros. Records e foi lançado no Reino Unido. O vídeo foi incluído nas compilações promocionais de Madonna em VHS, It´s That Girl e She’s Breathless.

Into The Groove, de Madonna, é o tema do filme “Procura-se Susan Desesperadamente”. A questão do filme se considerado por muitos como um filme “vídeo de rock” surgiu após a adição de Into The Groove, uma canção escrita especialmente para tocar durante os créditos finais. Conscientes de quão popular Madonna estava se tornando, a diretora Susan Siedelman perguntou-lhe se ela seria capaz de fazer uma canção que poderia tocar nos créditos finais do filme “Procura-se Susan Deseperadamente” – a ideia era que a canção servisse de divulgação para todo o mundo o filme.

Madonna e o co-escritor Steve Bray foram rápidos. As letras soam como a personagem de Madonna no filme, Susan, enfatizando ainda mais a sua importância no filme. “Eu estava sentada em um quarto andar na Avenida B e lá tinha lindos rapazes porto-riquenhos sentados em minha frente que me inspiraram,” explicou Madonna sobre a composição de Into The Groove. Madonna escreveu a letra e no estúdio improvisou vários versos de última hora. Nada difícil para ela.

Se Like A Virgin e Material Girl foram dois grandes passos de Madonna em direção ao status de superstar, Madonna arrematou com Into The Groove. Embora não lançado como um single (foi lado-b do single de Angel) nos EUA em 1985, Into The Groove estava por toda parte, e no resto do mundo, tomou emplacou o #1 de inúmeras paradas de singles e a rainha do pop ficou certamente muito feliz com tudo aquilo. No Reino Unido, é um dos seus singles mais vendido com 860 mil cópias, chegando a apenas tímido de milhões de unidades, e também seu primeiro single #1 e o terceiro single mais vendido no Reino Unido em 1985.

A razão de Madonna não lançar o single na América do Norte foi simples: ele iria ofuscar as vendas de Angel, o atual single de Like A Virgin na época. Em vez dele foi colocado no maxi-single de Angel para alavancar nas vendas do single e ser certificado pela RIAA. Into the Groove foi nomeada pela Billboard magazine como o “Dance Single da Década”. No dia 30 de julho de 1985, foi certicado ouro pela RIAA com vendas de 1 milhão de unidades. Por ser b-side de Angel, não pode entrar na no Hot 100 da Billboard.

INTO THE GROOVE foi o registro perfeito para firmar Madonna como artista de primeira grandeza. Encapsulando a necessidade do mundo a celebrar com a consciência no evento beneficente Live Aid, em 1985, na Filadélfia, tornou-se uma das mais memoráveis performances do evento. Na Europa, a canção foi adicionada numa nova prensagem do LP de Like A Virgin. E enquanto Madonna estava em primeiro com In The Groove, Holiday estava em segundo lugar – Madonna tornou-se então a primeira artista a ter dois singles em #1 e #2 lugar simultaneamente no Reino Unido. O single foi lançado dia 23 de julho no Reino Unido

Em 2009, foi incluída na coletânea CELABRATION e na coletânea de 1990 THE IMMACULATE COLLECTION. Também como remix no álbum YOU CAN DANCE, na trilha sonora do filme e foi regravada com a cantora Missy Elliot numa versão chamada “Into the Hollywood Groove”, em 2003

CHARTS MADONNA – INTO THE GROOVE

Austrália – 1
Áustria – 6
Bélgica – 1
Holanda – 1
Brasil – 1
Europa – 2
França – 2
Alemanha – 3
Irlanda – 1
Itália – 1
Japçao – 1
Nova Zelândia – 1
Noruega – 3
Espanha – 1
Suécia – 3
Suiça – 2
Reino Unido – 1
US Hot Dance Music/Club Play – 1
US Hot R&B/Hip-Hop Songs – 19

CHARTS MADONNA – ANGEL

Australia – 1
Bélgica – 18
Canadá – 5
Holanda – 46
Eurochart Hot 100 Singles – 14
Alemanha – 31
Irlanda – 3
Japão – 5
Nova Zelândia – 2
Espanha – 2
Suiça – 17
Reino Unido – 5
US Billboard Hot 100 – 5
US Hot Adult Contemporary – 5
US Hot Dance Music/Club Play – 1
US Hot R&B/Hip-Hop Songs – 71

Veja o clipe oficial de MADONNA – ANGEL

Assista ao clipe oficial de MADONNA – INTO THE GROOVE

MADONNA CHART – Os 40 singles digitais mais vendidos de Madonna no iTunes do Reino Unido

Madonna e Justin Timberlake - 4 Minutes

Em quase 30 anos de carreira, Madonna já vendeu mais de 300 milhões de discos e colocou 13 singles no topo da parada inglesa e 11 álbuns em 1º lugar.

Agora com o lançamento do novo álbum, MDNA, seu 12º de estúdio, que debutará em primeiro lugar no próximo domingo (sim, será seu 12º número um CD), o Official Charts Company divulgou as 40 músicas de Madonna com mais downloads no iTunes inglês. Saiba quais são:

NÃO DEIXE DE CURTIR A PÁGINA DO MADONNA MADWORLD NO FACEBOOK.

014 MINUTES FT JUSTIN TIMBERLAKE – 475,000 (físicos + digitais)
02HUNG UP – 560,000  (físicos + digitais)
03GIVE IT 2 ME – 170,000  (físicos + digitais)
04SORRY – 195,000  (físicos + digitais)
05LIKE A PRAYER – 550,000  (físicos + digitais)
06CELEBRATION – 108,000  (físicos + digitais)
07VOGUE – 505,000  (físicos + digitais)
08HOLIDAY – 770,000  (físicos + digitais)
09FROZEN – 525,000  (físicos + digitais)
10JUMP – 52,038  (físicos + digitais)
11CRAZY FOR YOU – 42.000
12MATERIAL GIRL – 42.000
13GET TOGETHER – 40.000
14INTO THE GROOVE – 40.000
15LIKE A VIRGIN – 38.000
16LA ISLA BONITA – 38.000
17PAPA DON’T PREACH – 37.000
18GIVE ME ALL YOUR LUVIN’ FT NICKI MINAJ AND MIA – 36.000
19RAY OF LIGHT – 35.000
20DIE ANOTHER DAY – 32.000
21TRUE BLUE – 30.000
22BORDERLINE – 29.000
23MUSIC – 28.000
24BEAUTIFUL STRANGER – 25.000
25LIVE TO TELL – 22.000
26ME AGAINST THE MUSIC W/ BRITNEY SPEARS – 20.000
27MILES AWAY – 17.500
28CHERISH – 16.000
29DON’T CRY FOR ME ARGENTINA – 15.000
30OPEN YOUR HEART – 12.000
31EXPRESS YOURSELF – 10.000
32REVOLVER – 7.500
33THE POWER OF GOOD-BYE – 6.500
34DON’T TELL ME – 5.000
35LUCKY STAR – 5.000
36DRESS YOU UP – 4.000
37DEAR JESSIE – 3.500
38JUSTIFY MY LOVE – 3.500
39RAIN – 3.000
40THIS USED TO BE MY PLAYGROUND – 3.000

(As 10 primeiras vendas ao lado soman digitais + físicos – só pra informação do total, mas no caso desta tabela, a posição refere-se apenas às vendas digitais)

Revista TIME elege Borderline como uma das 100 Melhores Músicas Pop

A revista TIME publicou a relação das 100 Melhores Músicas Pop de Todos os Tempos, numa retrospectiva desde os Anos 20 até 2010 e Borderline da Madonna foi escolhida como uma delas. Confira o comentário feito pela jornalista Radhika Jones:

Quando Borderline foi lançada em fevereiro de 1984, eu tinha 11 anos: não tão velha para ser apaixonada por um menino e na idade certa para me apegar a uma canção pop. Eu e minhas coleguinhas da escola católica caímos de paixão e queríamos ser como Madonna – cabelo desarrumado moldado com muito mousse e uma fita, luvas sem dedo e sem aquele nosso uniforme do colégio. O que nos ligou tanto em Borderline? A voz, o olhar de irmã que Madonna passava no vídeo, o tipo de mulher que ela estava tentando ser, a frustração tentadora de não estar apenas apaixonada mas de parecer ter um amor incerto. Madonna começou a cantar canções mais espertas, como Material Girl, mais vistosas, como Like a Prayer, mais sexys, Justify my Love, entre outras. Mas Borderline, um de seus grandes hits, captura a essência do apelo pop com frescor, simplicidade e vitalidade.

MADONNA GLEE: Atrizes de ‘Glee’ fazem ensaio inspirado em Madonna

Madonna em Glee finalmente no Brasil. Tida como nova febre mundial, a série Glee volta à ativa nos Estados Unidos nesta terça-feira (13) após quatro meses de pausa. Com 13 episódios em sua primeira temporada, os organizadores decidiram preparam nove outros capítulos para complementar a fase inicial da trama.

O mais esperado de todos, The Power of Madonna, já tem data para exibição: 20 de abril. Os atores interpretarão sucessos da diva do pop, adaptados ao estilo do coral de estudantes. Like a Prayer, Like a Virgin, Express Yourself, Borderline/Open your Heart, Vogue, 4 minutes e What it Feels Like For a Girl serão apresentadas no episódio.

Para aproveitar o gancho, a revista TV Guide convidou os atores Lea Michele (Rachel), Dianna Agron (Quinn), Amber Riley (Mercedes), Jenna Ushkowitz (Tina), Jane Lynch (Sue Sylvester) e Matthew Morrison (Will Schuester) para participar de um ensaio inspirado em Madonna, representando diversas fases da vida da cantora.