Arquivo da tag: Whitney Houston

Madonna é a artista com mais singles Top 10 da Billboard

madonna billboard beatles top10 singles

Madonna lidera a lista de artistas com mais músicas no Top 10 da Hot 100 da Billboard, com 38. Além dela, os Beatles, que entraram na lista pela última vez com o single Free As A Bird, de 1995, estavam empatados com 34, até Madonna garantir o 35º, com Die Another Day, em 2002. Ela conseguiu o 38º e mais recente com Give Me All Your Luvin’, com Nicki Minaj e M.I.A. em 2012.

Continue lendo Madonna é a artista com mais singles Top 10 da Billboard

Madonna é eleita a 5º maior cantora de todos os tempos pela rede de TV ABC

madonna-mdna-santiago-chile

Madonna é eleita a 5º maior cantora de todos os tempos pela rede de TV ABC.

Antes de celebrar a chegada de 2014 com seu tradicional programa de Réveillon, que nesta edição teve a participação de Ariana Grande, Jennifer Hudson, Pitbull e Enrique Iglesias, a rede de televisão ABC divulgou uma lista com as 30 maiores cantoras da história.

Sem revelar quais foram os critérios para a elaboração da lista, a emissora norte-americana colocou Whitney Houston, Tina Turner e Aretha Franklin nas três mais altas colocações, com Beyoncé e Madonna logo atrás, na quarta e quinta posições, respectivamente.

Confira a lista completa:

1. Whitney Houston
2. Tina Turner
3. Aretha Franklin
4. Beyoncé
5. Madonna
6. Diana Ross
7. Annie Lennox
8. Mariah Carey
9. Taylor Swift
10. Blondie
11. Janet Jackson
12. Christina Aguilera
13. Dolly Parton
14. Rihanna
15. Alicia Keys
16. Donna Summer
17. Gladys Knight
18. P!nk
19. Cyndi Lauper
20. Katy Perry
21. Gloria Estefan
22. Adele
23. Cher
24. Shania Twain
25. Pat benatar
26. Lady Gaga
27. Chaka Khan
28. Celine Dion
29. Gwen Stefani
30. Karen Carpenter

Por que Madonna ainda comanda, e as outras apenas seguem?

Madonna 2012 - MDNA - Super BowlCRÍTICA: (CNN) – eu pensei que ela tinha acabado. Madonna?

Eu pensei que ela era muito velha para chamar a si mesma em “garota”. Eu pensei que a música pop passou para ela. Eu pensei que Lady Gaga a tinha matado.

E então eu olho a Billboard desta semana e vejo que eu estava completamente errado.

O 12º CD de estúdio de Madonna, MDNA, estreou em 1º lugar no album chart e ela tem dois singles entre os 10 mais da parada dance. GIRL GONE WILD está em primeiro lugar. Ela tem 53 anos e os clubes estão tocando sem parar seu novo material, incluindo GIVE ME ALL YOUR LUVIN’ que se tornou seu 38ª hit top 10 na parada pop. Para aqueles que adoram números, ela tem mais do que Elvis Presley e mais do que os Beatles. Não estou dizendo que ela é melhor, mas claramente ela tem feito – correção – fazendo mais.

LZ Granderson
Este ano ela ganhou outro Globo de ouro e sua performance no intervalo no Super Bowl atraiu mais espectadores do que o jogo em si, de acordo com a Nielsen. Eu sei que a percepção é de que apenas homens gays se importam com Madonna, mas se isso fosse verdade, dado aos 114 milhões de telespectadores que sintonizaram para vê-la no intervalo, talvez “Don ‘ t ask, Don’t tell” deveriam ser chamados apenas de “assumidos”.

A realidade é que é difícil para a música pop deixar para trás alguém que recicla sua embalagem a cada aparição. Madonna teve a maior arrecadação solo em uma tour mundial (2008) em toda história (Sticky & Sweet Tour) e já vendeu mais de 300 milhões de álbuns em todo o mundo. Ela é uma criança dos anos 80 cujo single de 2005, Hung Up, detém o recorde no Guinness Book por ter ficado no topo das paradas em 41 países enquanto que seu novo disco, MDNA, de 2012 foi #1 no iTunes em 40 países instantaneamente.

O marido de Elton lamentou os comentários de Madonna. “Eu sou o agora”.

Quando você pensa onde a carreira de Madonna está hoje e na mesma semana confirma-se que a morte de Whitney Houston deveu-se a um afogamento, você pensa em como Deus faz as coisas de maneira misteriosa. Os dois ícones pop lançaram álbuns de estréia num prazo de dois anos de diferença: Madonna em 1983 e Houston em 1985.

Naturalmente, Houston foi um modelo vocal naquela época enquanto Madonna com sua fina voz rolava no palco do MTV Vídeo Music Awards em um vestido de noiva proclamando que ela se sentia como uma virgem. Se qualquer um poderia esperar quem teria um final trágico, desesperado, todos pensariam de cara em Madonna. E então Whitney Houston se foi, Michael Jackson já tinha ido antes, Prince praticamente se aposentou faz anos e, com exceção de U2 – eles estão ganhando dinheiro sem nostalgia.

Enquanto isso, Madonna metodicamente tornou, indiscutivelmente, o maior cantora de todos os tempos. Quem ainda tenho que convencer?

Como para a música, seu mais recente CD MDNA é não para garantir seu terreno, mas para lembrar a todos que ela é a Madonna e que Gaga, Rihanna, Beyonce e outros apenas seguem sua cartilha. Na verdade, cada vez que elas recebem um cheque por causa dos royalties, certamente Madonna recebe sua fatia.

Enquanto MDNA, da Madonna, possui três músicas que não fizeram minha cabeça, vou te dizer que as cinco primeiras músicas me fazem querer dançar, e que a faixa Gang Bang é puro gênio. Como você provavelmente pode imaginar simplesmente pelo título, Gang Bang não é música para as rádios, mas provavelmente não é por causa do que você possa pensar. E, em suma, é por isso que Madonna é quem ela é.

Você pode dizer que você está assistindo a um filme de Woody Allen com os cinco primeiros minutos de diálogo. Você pode imaginar a bela prosa de Toni Morrison num livro. Mas meu filho de 15 anos de idade esteve em minha casa e pediu o que eu estava ouvindo. Eu lhe disse que era Madonna e meu filho, que gosta de techno e hip-hop, pensou que eu estava brincando.

“A sério… como, Madonna?” ele perguntou.
“Sim,” eu disse.
“Bem, ela está mais velha mas sua música não.”

A canção foi “Gang Bang” e eu estou contente que ele saiu da sala antes que ela começasse a cantar. Como eu disse, não é para crianças. Mas então, novamente, esta música não seria uma música se não fosse da Madonna.

Nota do editor: LZ Granderson, que escreve uma coluna semanalmente no site da CNN.COM, foi indicado ao prêmio de jornalista do ano e ganhou o prêmio de jornalista comentarista online de 2011. Ele é redator chefe e colunista da ESPN Magazine e ESPN.com. Siga-o no twitter: @locs_n_laughs

Entrevista: Madonna fala sobre MDNA, Whitney Houston, Adele, tour e filhos

O tablóide The Sun publicou na edição de ontem uma entrevista com Madonna em que revela como é seu lado mãe após o divórcio com Guy Ritchie e curiosidades sobre a criação do álbum MDNA.

Madonna

Ser mãe
“Não vou mentir, é difícil trabalhar com quatro filhos e fazer todo o trabalho que faço,”, diz Madonna. Às vezes parece que a cabeça vai explodir. Todo mundo tem algo a dizer sobre a maneira que vivo minha vida. No final do dia eu estou fazendo o meu melhor. Se as pessoas não gostam disso, isso é realmente problema delas. A maioria dos meus filhos estudam francês. Meu francês não é muito impressionante, mas é bom o suficiente. Todo mundo na minha casa fala um francês perfeito. Estou compreendendo melhor, quando não estamos falando sobre a lição de casa. Agora, estou pegando certas coisas e pressionando: ‘O que você disse?’. Eu sei os palavrões, então, eles têm que ter cuidado. Tento ter a vida mais normal possível. Minha vida com eles em casa está ligada a trabalhos escolares, a saúde deles, como qualquer outra pessoa com filhos.”

Divórcio
Às vezes, lido com isso muito bem. Às vezes, é uma luta”

Sobre a Canção I Don’t Give A
Madonna diz que a música é sobre a vida de uma mãe solteira. “Isso é todo um desafio misturado com malabarismo. Tento expressar isso.” A letra fala sobre sua relação como esposa em trechos que dizem “Tentei ser uma boa menina, eu tentei ser sua esposa. Culpei você quando as coisas não iam do meu jeito. Eu poderia ter mantido minha boca fechada.”

O que Madonna fala sbore voltar para o estúdio
“Foi incrível! Eu gosto disso, da intimidade de um estúdio de gravação e do processo de composição de músicas. Nessas horas estou usando uma parte diferente do meu cérebro quando trabalho com música, em comparação ao momento que estou dirigindo um filme. Eu amo fazer ambos, mas foi bom chegar à simplicidade da composição de canções depois de três anos escrevendo roteiro, dirigindo, editando e falando sobre o meu filme. Eu quase chorei ao sentar, tocar minha guitarra e cantar uma música.”

Os filhos e as músicas de MDNA, novo álbum de Madonna
“Toda vez que eu entro no carro o rádio está ligado. É chocante que meus filhos de cinco e seis anos de idade saibam as palavras de cada canção que tocam. Eles não ouviram meu álbum inteiro, eles definitivamente não ouviram Gang Bang. Duvido que nunca vá ser tocada no rádio.”

Sobre a participação de Lola
“Sim, ela canta em Superstar como backing vocal. Ela foi ao estúdio num dia, convidei e ela concordou. Ela tem uma voz muito boa. Mas é muito tímida e não vai admitir isso. Muitas pessoas estão atrás dela para fazer filme, parceria ou qualquer outra coisa. Mas ela não está interessada em nada disso. Ela só quer ir para a escola. Ela me disse: ‘Mãe, eu só quero ser uma criança normal. Não estou pronta para seja lá o que for’. Eu respeito isso e, se ela quer trabalhar comigo, em qualquer nível, ficarei feliz por ela. Mas, caso contrário, vou deixá-la em casa com suas tarefas da escola.’

Sobre a polêmica no título de MDNA – que tem similaridade com a droga MDMA
“É um anagrama do meu nome. Eu realmente não penso sobre a polêmica, penso sobre ironias,” explicou Madonna.

Ser um modelo de inspiração
“Espero ser um modelo. Espero dar voz a outras meninas, ser a voz das mulheres, ser alguém para outras mulheres olharem para cima e admirar. Continuo lutando e tentando ter integridade. E espero inspirar as mulheres e dar-lhes forças para lidar com a vida, não importa o que vier no caminho…”

Sobre Karl Lagerfeld chamar Adele de gorda
“Foi horrível. Uma das coisas mais ridículas que já ouvi. Eu não gosto quando alguém fala mal de ninguém. Adele é um enorme talento e o quanto ela pesa não tem nada a ver com isso.

O que Adele deve se lembrar no final das contas é que se você está em ascensão ou fracassa isso está muito ligado em como você sustenta e mantém sua integridade ou força interior. Sobre quem lhe cerca, amigos e pessoas que realmente se importam com você e se preocupam com seu bem-estar sem que seja uma superstar. Essa é a coisa mais importante.”

Sobre a morte de Whitney Houston
“Eu, provavelmente como todo mundo, fui atingida por um sentimento de descrença, especialmente pela Whitney. Não era um segredo, as lutas que Amy Winehouse também passou. Ambas brilhantes artistas mas, obviamente, com enormes prejuízos. Sempre quando essas coisas acontecem, fico chocada e a primeira coisa que vem na mente é “Que perda!”. E aí começa-se a se questionar “Como é que isso aconteceu?” “Como as pessoas ao redor permitiram que chegasse a esse ponto?”, lamentou Madonna.

Se você pensar, já perdemos tantos maravilhosos artistas. A história apenas se repete, cada vez mais. Eu me lembro que a Whitney saiu ao estrelato na mesma época que eu, no início dos Anos 80. Me lembro dela cantando e ouvindo as pessoas comentando sobre ela e pensava “Oh meu Deus, é uma mulher linda e com uma voz inacreditável. Eu gostaria de cantar assim.” Me lembrei de ser extremamente invejosa e tocada pela sua inocência. Assisti a um documentário do compositor francês Serge Gainsbourg e ele esteve num talk show na época em que Whitney estava começando. Foi interessante pois assisti uma semana antes dela morrer. E ele estava fazendo tipo um jogo em rede nacional e falando em francês que queria transar com ela, e Whitney em estado de choque. Quero dizer, ela era tão inocente e tão nova, tão bela e ficou tão sem jeito. E fiquei pensando, nós somos tão inocentes no palco ao longo da vida. É interessante os caminhos que nossas vidas tomam. Fiquei impressionada como ela começou bem e terminou a vida numa tragédia.

Sobre a MIA mostrar o dedo do meio na apresentação do Super Bowl
“Bem, estávamos no território do futebol americano. Era um solo sagrado e acho que é um evento muito importante e bem visto. Foi aceito por todos que a performance seria politicamente correta. Acho que a NFL estava mais preocupada em mim do que em qualquer outra pessoa, achando que eu fosse fazer algo provocativo ou cheio de loucuras. E não tinha a menor intenção de fazer algo para chocar ninguém ali. Eu estava trabalhando tão pesado nesse show pra ter que pensar em algo que fosse irritar as pessoas. Me deram um bom tempo para ensaiar e como criar algo criativo para o show. Senti que devia retribuir tudo o que apostaram. Mas sobre isso, fiquei triste pois sei que tem pessoas que não gostaram. E eu não queria fazer isso, não queria colocar ninguém nessa situacão pois eles me deram tudo o que eu quis. Mas por outro lado, eu não sabia o que a MIA tinha feito e todos ficaram indignados e aí fui ver o vídeo e pensei “ah, tudo bem vai”. Não parecia ser uma grande coisa. Mas sabe, isso é coisa dela, de ser meio punk, rock e na verdade, analisando amplamente, muitas coisas loucas aconteceram.”

A nova turnê
“Hum, eu espero que alguém mostre o dedo do meio no meu show! Mas não será eu pois já fiz isso tantas vezes. Espero que eu tenha boas idéias. A parte criativa ainda está crua, comecei os ensaios na semana passada e estou mais focada na música em si por enquanto. Tenho alguma idéias e tenho muito trabalho pela frente. Estou bem ansiosa!”

Em se aposentar….
“Eu amo o que faço. Tenho uma voz, tenho opinião e tenho coisas a dizer. Amo música e amo contar histórias. Então, acho que enquanto eu me sentir assim, vou continuar fazendo o que faço.”

Madonna se diverte ao som de Whitney Houston em balada

Mesmo sem dar qualquer comunicado sobre a morte da cantora Whitney Houston, Madonna não deixou de prestar a sua homenagem a colega. Na última sexta-feira (17), enquanto estava na casa noturna Mister H, localizada no Mondrian Soho Hotel, em Nova York, a cantora saiu de sua mesa acompanha de seus dançarinos e correu para a pista quando o DJ tocou um dos maiores hits de Houston: I Wanna Dance With Someboty. As informações são do site do US Weekly.

“Madonna estava sentada, assistindo os dançarinos que a acompanham nas turnês mostrarem suas habilidades, quando o DJ começou a executar esse grande hit de Whitney Houston”, afirmou uma fonte, que garantiu ter visto a estrela pop se animar repentinamente. “Ela ficou empolgada e começou a mexer os lábios junto com a letra da canção”.

Mas não foi esse o único gesto bacana feito pela cantora durante a noitada no bairro do Soho. Ainda segundo a fonte, quando percebeu que sua área privativa estava ocupando grande parte do espaço da pista comum, a cantora pediu a seu segurança que a diminuísse para que assim todos os presentes na casa noturna pudessem curtir a noite confortavelmente.

NÃO DEIXE DE CURTIR A PÁGINA DO MADWORLD NO FACEBOOK.

Antes de sua morte, Whitney foi filmada assistindo Madonna no Super Bowl. Veja o video !

Um dos últimos videos gravados de Whitney Houston ainda viva cai na web, e não se trata de um simples video.

Cinco dias antes de sua morte, Houston esteve no Regent Beverly Wilshire hotel com alguns amigos e família para assistir a final do Super Bowl e se divertiu muito com a apresentação apoteótica de Madonna, de acordo com o site TMZ, que divulgou este video gravado certamente por alguém que estava por ali.

video platformvideo managementvideo solutionsvideo player

O vídeo mostra o momento em que Whitney se empolga com um dos maiores sucessos mundiais de Madonna, VOGUE, cantando e dançando e até arriscando a coreografia do clipe. O site diz que não houve registro de bebida. Ainda de acordo com o site, fontes disseram que Whitney ficou tão empolgada com o show de Madonna que chegou a comentar da época que competia com ela nos charts (nas paradas).

UPDATE: Vídeo em que Whitney fala sobre Madonna

NÃO DEIXE DE CURTIR A PÁGINA DO MADWORLD NO FACEBOOK.

Celebrate – novo video

Madonna já começou as filmagens de seu novo single “Celebrate”. Após o show no San Siro em Milão, Madonna e toda a equipe da Sticky & Sweet foram a uma festa oferecida por Stefano e Domenico Gabbana. Segundo o MadonnaTribe, uma equipe de filmagem estava presente registrando tudo. Jesus Luz estava presente e até se apresentou como DJ. Mais cenas serão gravadas na sexta-feira e no sábado no Dolce and Gabbana Metropol.

E a rádio NRJ francesa anunciou que já tocará Celebrate na quarta-feira dia 15. A música tem data para estreiar dia 28, já confirmada até por rádios brasileiras as quais tivemos contato. Rumores dão conta de que a música lembra um pouco a chatinha “Get Together”.

E Whitney Houston na audição de seu novo álbum, ontem, em Londres.