Madonna finalmente manda Take A Bow

madonna rebel heart tour tapei guitarra

Não é novidade que Madonna é cheia de opiniões. E, mesmo amando os fãs – trazendo à vida as maravilhosas True Blue e Who’s That Girl pela primeira vez em quase 30 anos na Rebel Heart Tour – há várias faixas dos anos 90 que ela completamente ignorou.

Uma que está no topo da lista de muita gente é, obviamente, Take A Bow, que fecha o álbum mais astuto dela, Bedtime Stories, de 1994. O icônico clipe da balada apresentou a imagem de Madonna como uma grande especialista na cultura espanhola, e serve como influência direta no recente clipe de Living For Love, o primeiro single do álbum Rebel Heart (em Take A Bow, ela assiste a uma tourada; em Living For Love, ela é a toureira).

Surpreendentemente, Take A Bow também é o single de Madonna que mais tempo ficou em primeiro lugar, segundo a Billboard. No entanto, ela nunca a cantou em turnê, até o show de Taiwan. Madonna, no palco em Taipei, mexeu com as estruturas de todos com a primeira performance ao vivo da canção em mais de 20 anos (a última apresentação foi no American Music Awards de 1995, com Babyface).

No fim, ela contou ao público: “Foi divertido, pela primeira vez. Errei algumas notas, mas foi gostoso cantá-la. Finalmente!”.

MADONNA EM TAIPEI
A Rainha do Pop Madonna arrasou na última quinta-feira (04/02) com os fãs em Taipei em um show extravagante no qual a diva cantou sucessos como Like A Virgin e Take A Bow, antes de encerrar a noite enrolada na bandeira de Taiwan.
O show, o primeiro de Madonna no país, começou com os dançarinos aparecendo no palco carregando grandes lanças douradas enquanto Madonna descia em uma jaula de metal enorme. Ela usava um figurino preto e vermelho à-la Samurai e cantou Iconic, que recebeu aplausos em êxtase do público.

“Taipei, vocês vêm comigo?”. Foi assim que Madonna cumprimentou os eletrizantes fãs na Arena Taipei. E ela continuou: “Olá, Taiwan, estão prontos?”, disse ao empunhar a guitarra para cantar Burning Up. Ela também disse “Olá. Obrigada”, e gritou “Eu amo vocês” em Mandarim.

A diva, conhecida pelas músicas cativantes e pelos shows criativos, também cantou Bitch, I’m Madonna, Holy Water, Body Shop e Living For Love. Mas a surpresa mesmo foi com Take A Bow, a primeira apresentação da música na Rebel Heart Tour.

No fim do show, Madonna se enrolou na bandeira de Taiwan enquanto cantava o bis Holiday. A cada etapa da turnê, ela canta esta música com a bandeira do país onde está.

Este primeiro de dois shows de Madonna em Taiwan, de 140 minutos, só começou às 22h15. Este é um recorde na Arena Taipei, já que nenhum show começa depois deste horário lá.

Por conta disso, espera-se que os organizadores do show paguem uma multa por extrapolar o tempo, estimada em, aproximadamente, NT$3,5 milhões, equivalentes a US$105.901.

Sam Lin, de 42 anos e fã de Madonna há três décadas, disse que a cantora teve um grande impacto na vida dele. “Madonna é verdadeira consigo mesma e não tem medo de se expor”, disse Lin, que usou um vestido brilhante rosa e um top criado a partir de um figurino que Madonna usou durante a primeira turnê nos anos 80.