Arquivo da tag: Warner Music

Madonna sem Liz Rosemberg

A assessora de Madonna, Liz Rosenberg, irá se aposentar. Ela, trabalha com Madonna desde 1983, e assessora atualmente Cher, Stevie Nicks e Michael Bublé com seu escritório. Eis o seu comunicado oficial para a imprensa:

MENSAGEM OFICIAL DE LIZ ROSENBERG – PARA ALÍVIO IMEDIATO
Escritório de Liz Rosenberg será fechado no fim de junho
Após mais de dois séculos no ramo da publicidade, cuidando de vários artistas talentosos, outros nem tanto, e outros nem sonhando, decidi que é hora de tirar longas, estendidas e bem merecidas férias.

Não me entendam mal, adorei todas as minhas aventuras, e já tive o suficiente para várias encarnações. Tive uma sorte incrível de sentar na primeira fila de alguns dos momentos mais memoráveis na História da música e da cultura Pop. E não esqueçamos de que também contribuí com pedidos, esperas, explicações, choros, lutas, segredos e mentiras, brigas com paparazzi, danças, bagunças e muito mais.

Mando um beijo enorme, molhado e saboroso dos meus lábios aos de vocês, a todos os meus queridos – vocês sabem quem são –, um abraço ou aperto de mão caloroso àqueles que eu não conheço, e bênçãos a todos. Shalom, pessoal!
^^
Liz Rosenberg

Pharrell Williams fala de brigas com Madonna durante gravações de Hard Candy

Pharrell Williams e madonna durante o álbum hard candy e sticky & sweet tour

Pharrell Williams revelou que já se estressou com Madonna, enquanto trabalharam juntos. A dupla colaborou no álbum Hard Candy, de 2008, que também apresentou Timbaland e Justin Timberlake. Pharrell se juntou à diva no palco para algumas performances na Sticky & Sweet Tour.

Entretanto, ele revelou que o trabalho com a Rainha do Pop não foi sempre um mar de rosas e que, apesar de ser conhecido por sua canção Happy, parece que Madonna o fez sentir coisas bem diferentes.

Pharrell revelou em uma entrevista de rádio nesta semana: “A essência de tudo é que repetimos nossas gravações e esperei pra ver o resultado. Eu a vi se frustrar, então tentei distrai-la e tentar algo diferente, até ela entender”.

Ele também revelou que quando disse a Madonna pra não falar com ele tão abruptamente, ela sugeriu uma pausa pra que pudessem se entender. “Subimos e tivemos nossa discussão. Madonna estava fazendo mil coisas ao mesmo tempo, seu celular não parava, sua relação com a Warner Music estava por um fio, e todos os dias vinha um executivo para apaziguar as coisas, seu contrato estava para ser renovado, era muita pressão, até que ela teve uma briga feia com um dos executivos, e a Live Nation pressionando para fechar o contrato, era muito dinheiro em jogo, ficamos todos em silêncio durante a briga com o tal cara, eu, Timberlake, Timba e toda equipe técnica, foi então que a Madonna resolveu não renovar mais seu contrato. Ela ligou para alguém e minutos depois Arthur Forgel chegouEla colocou as cartas na mesa com os executivos da Live Nation e disse quais seriam seus termos para que ela assinasse, caso contrário, continuaria na Warner. E ela não estava gostando de como as músicas estavam ficando, a Warner cobrando, e ela estava preparando sua tour já. Seu cronograma é extenso, não sei como ela aguenta, ela faz mil coisas ao mesmo tempo, ela comanda tudo, sabe tudo o que se passa, eu disse a ela para ela relaxar diversas vezes. A gravadora queria uma coisa, a Madonna outra, e você sabe, no fim quem vence é ela, e os desentendimentos eram constantes. E eu e a Madonna defendemos muitos nossos pontos de vista, por isso houve tantas brigas. Mas no fim, tudo ficou bem e nos abraçamos. Ela chorou por horas nos meus ombros, eu também, e no outro dia tudo estava bem. Trabalhar com ela foi uma experiência incrível, e vi que realmente ninguém consegue passar a perna nela. Aprendi muito com ela sobre negócios e sei que ela aprendeu muito comigo também. Dias depois voltamos às gravações do álbum e tudo estava bem, calmo, fluindo novamente.”

Apesar de não ser um problema se você achar que Madonna é alguém com quem não se deve discutir, ela revelou numa entrevista em 2008 que Pharrell a fez chorar. “Eu estava sensível, cantando e não entendia o ritmo que ele queria. Foi difícil e eu fiquei chocada com a forma com que ele falou comigo, então eu disse ‘Sabe de uma coisa? Precisamos conversar’”.

“Subimos e eu disse que ele não poderia falar comigo daquele jeito, daí eu caí no choro. Ele disse ‘Oh, meu Deus! Madonna tem coração’, e eu fiquei tipo ‘O quê?!’ e comecei a chorar mais ainda”.

Enquanto isso, Pharrell chorou um pouco recentemente, ao ver um vídeo de fãs dançando ao som de seu sucesso Happy, durante uma conversa com Oprah Winfrey.

Vice-presidente da Warner fala sobre a influência de Madonna na música, propaganda e Marketing

Não é segredo que as gravadoras estão em declínio desde quando o MP3 e o iTunes desbancaram o monopólio musical. Porém, por que, até então, alguns artistas como Madonna têm permanecido no poder por décadas, independente do que vira moda na indústria da música?

Seymour Stein, co-fundador da gravadora “Sire Records” e vice-presidente da “Warner Bros. Records”, viu os altos e baixos da indústria em primeira mão. Stein ajudou a moldar os gêneros Punk e New Wave ao cultivar artistas como The Smiths, Ramones, Ice-T, The Cure, e Madonna. Mas, talvez, o maior sucesso de Stein é ser capaz de sustentar um selo mesmo com tanta turbulência na indústria da música.

A habilidade de Stein de reconhecer uma boa música ao ouvi-la e seu instinto de contratar artistas possibilitou sua parceria com Madonna. Ele estava em um hospital em Nova York em 1982, tratando uma infecção, quando ouviu a demo da canção “Everybody”. Instantaneamente, ele quis contratá-la, então chamou o produtor dela, um DJ amigo dele. Madonna foi ao hospital e assinou um contrato com a Sire Records. Durante uma palestra presidencial de 2009 na Escola de Liderança Criativa de Berlim, Stein disse que sua cliente Madonna ilustrava alguns pontos-chave sobre sucesso de mercado. Eis alguns deles:

1) Não perca a determinação. Ela ainda conta para o sucesso.

“Em primeiro lugar, Madonna é uma das pessoas mais espertas que já conheci”, disse Stein. “Ela é uma das mais determinadas!”.

2) Preocupe-se com a criatividade e a técnica, não apenas com o dinheiro

Madonna “sabe muito de música”, disse Stein. “Ela está no alto da modernidade e assim segue. Assim sempre foi e sempre continuará”.

3) Mude ou morra, mas não se torne redundante

“Cada um dos álbuns dela é diferente”, disse Stein. “Ela se aproxima e vira do avesso, como um camaleão. E acho que ela vai continuar assim no futuro…acho que o que mais admiro nela é o fato de estar além do seu tempo – bem além”.

Stein confessa que as gravadoras não têm a mesma importância do passado. “…ao longo dos anos, havia gravadoras como Atlantic, e Chess e Vee-Jay, e King And Imperial”, disse. “Você sabia quando um novo disco da Imperial era lançado – ‘É a gravadora do Fat Domino – preciso ouvir isso!'”.

Os consumidores de música conheciam as gravadoras e confiavam que elas trariam boa música. Era um selo de credibilidade. Mas as coisas não são mais assim. Agora, mais do que nunca, os músicos trabalham de forma independente. Uma das formas de uma gravadora ajudar o artista é com o A&R (Artista e Repertório). O trabalho de um A&R era relacionar o artista com as músicas. Mas, agora, estamos na era do “cantor/compositor”. Os artistas estão compondo suas próprias músicas, e o papel de um A&R está cada vez mais irrelevante.

Não obstante, Stein disse para a Forbes que acredita que uma gravadora manda um sinal, e que as pessoas respeitam a Sire Records por sua longa durabilidade. Ele está lá desde o início, que representa seu comprometimento com a ideia de gravadoras. Porém, disse Stein, hoje o que vale mais é a música.

Quando perguntado sobre o que o que faz de Madonna um sucesso como artista, ele disse: “O canto, a musicalidade, a presença de palco, sua personalidade ímpar e sua ousadia – são todos muito importantes. Madonna nunca foi do tipo de que abaixa a cabeça para tudo e todos. Ela defende o que acredita, o que diz e canta. Ela acredita, mesmo que quebre a cara, mas não tem medo de enfrentar. Se algo não der muito certo ou não sair como ela planeja por diversos fatores, ela apenas passa por cima sem olhar para trás. Talvez aí está o segredo: seu foco. Mas não significa nada se ela não fizer uma boa música”.

Já que a música reina, os artistas devem inovar a cada movimento. Ele cita Madonna como exemplo de um alguém que vai sobreviver aos altos e baixos da indústria por sua habilidade de recomeçar e se atualizar, com novos sons e sucessos.

Stein, o próprio, é um exemplo de um sério poder de durabilidade. Ele não questiona as tendências, ele as aceita. Ao mesmo tempo, ele foca em aproveitar a música, ao invés de apenas a “indústria”, e continua indo a shows de Rock, com ouvidos atentos ao próximo sucesso.

Como Madonna foi contrata pela Sire Records

Esta semana, o Billboard Magazine traz uma entrevista com Seymour Stein.

Você assinou um contrato Madonna numa cama de hospital. Você estava ativamente envolvido em seus projetos?

“Eu assinei com ela porque eu acreditava no Mark Kamins, que eu achava um grande DJ, e ele queria ser um produtor. Então eu dei-lhe algum dinheiro para me trazer um artista e ele me trouxe foi Madonna. E sim, eu estava muito envolvido no começo. Então eu percebi: “Esta mulher é mais inteligente do que todos nós. Basta deixar ela seguir o seu caminho.”

A Sire Records então tornou-se de propriedade da Warner Music Group. Como foi a transição de Madonna para a Warner?

“No passado, Mo Ostin tentou me impedir de assinar artistas. Às vezes ele estava certo quando ele me impediu de fazer um negócio, muitas vezes ele estava errado. Nesuhi Ertegun foi subindo na Warner International, então liguei pra ele e disse que queria Madonna na Warner, mas tive problemas para obter o dinheiro para fazer o negócio.” Ele disse: “Meu irmão [Ahmet] me diz que você está no hospital. Basta ouvir os médicos e eu vou dar o que você precisa cadastrar-la. Ele me deu o dinheiro para assinar com Madonna.”

Madonna tem 33 entradas na Billboard pela SIRE RECORDS no Hot 100 da Billboard, inclusive o 1,2,3,5,6,7,8,10…. Veja:

Madonna – Retorno ao mundo da música

Madonna com novo álbum em 2012


A Rainha do Pop Madonna
já está a um bom tempo longe do mundo da música, período que usou para se dedicar à direção do longa W.E (que estréia no Brasil em fevereiro do próximo ano). Porém, agora a cantora voltou a todo vapor na gravação de seu próximo disco além de planejar grandes shows para 2012.

O novo álbum não possui título ou data de lançamento, no entanto já teve alguns detalhes revelados referentes ao seu primeiro single. A música se chama “Give Me All Your Love” e, segundo rumores, conta com a participação de M.I.A e a rapper Nicki Minaj. Sua divulgação acontecerá em um show durante o intervalo do Super Bowl – a grande final da temporada de futebol americano -, que é considerado o horário mais nobre da TV norte-americana.

Além do trabalho de inéditas, Madonna deve dar início a uma nova temporada de shows em 2012. Depois de se especular que a musa voltaria a se apresentar no Brasil ainda no primeiro semestre do ano que vem (boato que ainda não foi confirmado), o jornal britânico “The Sun” confirmou que a ela pretende realizar um concerto durante as Olimpíadas de Londres.

De acordo com a publicação, Madonna pretende realizar um grande show no estádio Hyde Park, na capital inglesa, durante a abertura dos Jogos Olímpicos. “Ela está longe dos holofotes da música por um tempo, mas está pronta para voltar com tudo e acha que não há oportunidade melhor do que fazer isso quando Londres for sediar as Olimpíadas”, explicou a fonte do diário de notícias.

Outra novidade com relação à carreira dela é sua participação em uma campanha de divulgação de uma marca de roupas. Em um vídeo, Madonna e sua filha, Lourdes Maria, simulam uma briga a fim de promover um concurso da marca Material Girl.

BYE BYE WARNER MUSIC

Madonna terá seu álbum lançado em território francês pela Polydor Records, uma marca do Grupo Universal Music. Polydor também foi responsável por alguns lançamentos de artistas como Janet Jackson e Lady Gaga.

A própria Polydor, através de seu perfil no Twitter, tuitou uma mensagem misteriosa, causando alvoroço entre seus seguidores (alguns deles, provavelmente fãs de Madonna, também) e dizia mais ou menos o seguinte:

Uma grande artista internacional lançará seu próximo álbum pela Universal-Polydor, na França. Mais informação em breve! Sugestões?

Depois disso, eles confirmaram quem era a artista postando um link que encaminhava para a canção “Frozen“, no YouTube.

A Interscope Records (também do Grupo Universal Music) será a responsável por distribuir o álbum de Madonna em território norte-americano. Por quase 27 anos, a Warner Music distribuiu os produtos de Madonna até ela fechar contrato com a Live Nation por mais de U$ 200 milhões de dólares – contrato de um artista mais caro da história – contrato que vale por 10 anos.

Madonna libera duas músicas para comercial de Jesus

O primeiro disco do modelo, DJ e namorado de Madonna Jesus Luz vai ganhar um empurrãozinho da cantora.

Segundo o jornal britânico “The Sun”, a diva liberou seus sucessos “Vogue” e “Like a Prayer” para publicidade, o que não costuma fazer, só para ajudá-lo.

O disco “From Light” (trocadilho com o nome do modelo) será lançado em maio pela Warner. Conforme o tabloide, Madonna custeou os gastos com estúdio e apresentou o produtor Victor Calderone para trabalhar no disco.