Pharrell Williams fala de brigas com Madonna durante gravações de Hard Candy

Pharrell Williams e madonna durante o álbum hard candy e sticky & sweet tour

Pharrell Williams revelou que já se estressou com Madonna, enquanto trabalharam juntos. A dupla colaborou no álbum Hard Candy, de 2008, que também apresentou Timbaland e Justin Timberlake. Pharrell se juntou à diva no palco para algumas performances na Sticky & Sweet Tour.

Entretanto, ele revelou que o trabalho com a Rainha do Pop não foi sempre um mar de rosas e que, apesar de ser conhecido por sua canção Happy, parece que Madonna o fez sentir coisas bem diferentes.

Pharrell revelou em uma entrevista de rádio nesta semana: “A essência de tudo é que repetimos nossas gravações e esperei pra ver o resultado. Eu a vi se frustrar, então tentei distrai-la e tentar algo diferente, até ela entender”.

Ele também revelou que quando disse a Madonna pra não falar com ele tão abruptamente, ela sugeriu uma pausa pra que pudessem se entender. “Subimos e tivemos nossa discussão. Madonna estava fazendo mil coisas ao mesmo tempo, seu celular não parava, sua relação com a Warner Music estava por um fio, e todos os dias vinha um executivo para apaziguar as coisas, seu contrato estava para ser renovado, era muita pressão, até que ela teve uma briga feia com um dos executivos, e a Live Nation pressionando para fechar o contrato, era muito dinheiro em jogo, ficamos todos em silêncio durante a briga com o tal cara, eu, Timberlake, Timba e toda equipe técnica, foi então que a Madonna resolveu não renovar mais seu contrato. Ela ligou para alguém e minutos depois Arthur Forgel chegouEla colocou as cartas na mesa com os executivos da Live Nation e disse quais seriam seus termos para que ela assinasse, caso contrário, continuaria na Warner. E ela não estava gostando de como as músicas estavam ficando, a Warner cobrando, e ela estava preparando sua tour já. Seu cronograma é extenso, não sei como ela aguenta, ela faz mil coisas ao mesmo tempo, ela comanda tudo, sabe tudo o que se passa, eu disse a ela para ela relaxar diversas vezes. A gravadora queria uma coisa, a Madonna outra, e você sabe, no fim quem vence é ela, e os desentendimentos eram constantes. E eu e a Madonna defendemos muitos nossos pontos de vista, por isso houve tantas brigas. Mas no fim, tudo ficou bem e nos abraçamos. Ela chorou por horas nos meus ombros, eu também, e no outro dia tudo estava bem. Trabalhar com ela foi uma experiência incrível, e vi que realmente ninguém consegue passar a perna nela. Aprendi muito com ela sobre negócios e sei que ela aprendeu muito comigo também. Dias depois voltamos às gravações do álbum e tudo estava bem, calmo, fluindo novamente.”

Apesar de não ser um problema se você achar que Madonna é alguém com quem não se deve discutir, ela revelou numa entrevista em 2008 que Pharrell a fez chorar. “Eu estava sensível, cantando e não entendia o ritmo que ele queria. Foi difícil e eu fiquei chocada com a forma com que ele falou comigo, então eu disse ‘Sabe de uma coisa? Precisamos conversar’”.

“Subimos e eu disse que ele não poderia falar comigo daquele jeito, daí eu caí no choro. Ele disse ‘Oh, meu Deus! Madonna tem coração’, e eu fiquei tipo ‘O quê?!’ e comecei a chorar mais ainda”.

Enquanto isso, Pharrell chorou um pouco recentemente, ao ver um vídeo de fãs dançando ao som de seu sucesso Happy, durante uma conversa com Oprah Winfrey.