Arquivo da tag: Video Music Awards

BLU-RAY MADONNA BLOND AMBITION TOUR JAPÃO

Bluray Madonna Blond Ambition Japan 2

Sensacional Bluray de uma das mais aclamadas tours de Madonna, “Blond Ambition Tour Japão”. O bluray trás vídeos bônus, resolução 1080p, widescream, som surround 5.1, alta resolução de imagem.

Express Yourself
Open Your Heart
Causing A Commotion
Where’s The Party
Like A Virgin
Like A Prayer
Live To Tell
Oh Father
Papa Don’t Preach
Hanky Panky
Now I’m Following You
Material Girl
Cherish
Into The Groove
Vogue
Holiday
Keep It Together

BONUS LIVES:
1.Express Yourself (VMA 1989)
2.Sooner Or Later (Academy Awards)
3.Vogue (VMA 1990)
4.Express Yourself/Like A Virgin/Like A Prayer/Live To Tell/Oh Father/Hanky Panky
Vogue/Holiday/Keep It Together (Truth Or Dare)

MUSIC VIDEOS: Like A Prayer/Express Yourself/Cherish/Oh Father/Vogue

Continue lendo BLU-RAY MADONNA BLOND AMBITION TOUR JAPÃO

Britney Spears – Publicidade negativa ? Quem disse q não funciona também? “Blackout”

Britney Spears, sem saber o que anda fazendo, vem confirmando o que Madonna já disse no passado: “não existe publicidade negativa na música pop” e antecipou o lançamento de seu novo álbum, “Blackout”, que foi lançado nesta semana. O CD estava programado para chegar às lojas somente por volta do fim deste mês, mas como de segundo em segundo suas músicas começaram a vazar, então já viu né.

Ultimamente Britney vem tendo uma grande exposição da mídia não por conta de sua música, alías, nunca teve, mas sim pelos milhões de escândalos que a cantora de “Baby One More Time” vem protagonizando.

Britney perdeu totalmente o controle. Mas, mesmo depois de passar por um ano em que ficou careca, em que foi internada em uma clínica de reabilitação, em que passou por um conturbado fim de casamento, em que deu vexame ao vivo e em cadeia nacional (no Video Music Awards) e em que perdeu a guarda dos filhos, ainda assim ela teve a manha de lançar Blackout, seu novo álbum.

Na música pop de Britney, uma boa produção é tudo, o que colocou a mamãe maluca na posição de não precisar fazer nada no disco (ela co-assina duas faixas). Nem cantar.

A cada faixa ouvimos um efeito digital diferente sobre sua voz: robótico (Piece of Me), Madonna (Heaven on Earth), Gwen Stefani (Toy Soldier), Rihanna (Break the Ice)… mas nunca Britney. Analisando por esse lado, Blackout é um bom disco de pop dançante (as baladas são poucas e fracas), melhor do qualquer outro de Britney. Afinal, neste, a própria cantora tem sua chatice e sua falta de talento vocal anuladas pela cuidadosa e variada produção.

Mas o melhor só virá depois, quando algumas de suas faixas virarem remixes com batidas pesadas. As mais legais para isso são o primeiro single Gimme More e Get Naked. Com Blackout é bem capaz que Britney tenha encontrado no descontrole seu talento. Melhor assim, e mesmo assim, três dias após o lançamento do Blackout, já temos uma previsão de quanto o álbum vai vender. Nos EUA Britney vai atingir o topo da Billboard, com vendas em torno de 380K. Só no 1º dia de vendas, ela vendeu 124 mil discos.

 Britney Spears - Blackout