Arquivo da tag: Nicky Minaj

Review: Madonna dá um “oi” eterno a Kansas City

Na metade do show de duas horas no Spring Center no dia 30 de outubro, Madonna agradeceu pela resposta estridente que recebera da multidão que quase lotou o lugar. E em tantas palavras (incluindo algumas que não podem ser mencionadas), ela se desculpou. Parafraseando: Está é a primeira vez que estive em Kansas City. Por que demorei tanto?

Ela fez 54 anos em agosto; em maio, lançou a MDNA Tour, a nona da carreira. E se a primeira vez for a última em que ela tocar na cidade, ela deu à multidão um presente único e um “oi” eterno.

O show foi um espetáculo implacável e extravagente de visões, sons e façanhas; uma estridente locomotiva musical, dança, teatro, vídeos, luzes, figurinos e uma atitude pretensiosa de uma mulher que pode estar no meio de sua sexta década na Terra, mas, com certeza, provou ainda ser real e relevante.

Ela fez os fãs esperarem. Foi poucos minutos após as 22h30 quando os sinos de igreja tocaram, anunciando o começo do show. Do início, ela, a banda e a pequena legião de dançarinos/acrobatas/contorcionistas inflamaram os humores. O palco estava montado com uma enome tela de vídeo que mostrou imagens e estímulos visuais que competiram com toda a ação ao vivo que acontecia com a música, que, às vezes, parecia incidental com o drama visual.

Madonna passou a maior parte do show na mesma energia que seus ginastas/dançarinos mais jovens, sendo que a maioria se satisfazia como treinamentos extremos e yoga duas vezes por dia. Ela provou estar tão em forma quanto eles, se unindo numa coreografia na corda banda e até mesmo baixando as calças e revelando seu bumbum esculpido.

O show seguiu o tema proposto: uma jornada da alma, da escuridão à luz. Depois que os sinos tocaram e os dançarinos, vestidos de monges, colocaram um enorme incensório num pêndulo, Madonna fez sua entrada no palco, carregando um rifle. Armas e violência foram uma grande parte das primeiras três músicas. Durante Gang Bang, ela atirou e matou vários potenciais assassinos. A cada vez, a grande tela mostrava esguichos de sangue (que pareciam frutas amassadas).

Depois da aclamação inicial, a primeira grande erupção veio para Papa Don’t Preach, um dos loucos sucessos dela. Se este show tem uma fraqueza, é o setlist, que favorece em grande parte o último álbum MDNA, lançado em março (ela tocou 8 das 12 músicas, mais do que um terço do show).

A multidão, que ficou em pé durante quase todo o show, parecia conhecer a maior parte do novo material. I Don’t Give A, que apresentou uma aparição em vídeo de Nicki Minaj; Turn Up The Radio e Give Me All Your Luvin’, que apresentaram uma participação em vídeo de M.I.A.;

todas explodiram em dança, com todo mundo cantando junto. Mas, com toda a ansiedade que antecedeu o show e todas as emoções da multidão, Madonna poderia ter feito um buraco no teto da arena se tivesse apresentado alguns grandes sucessos pra uma multidão que estava à espera deles.

Ao invés disso, ela transformou um dos maiores, Like A Virgin, em uma valsa gótica no piano, fazendo-a soar como uma balada trágica de Leonard Cohen. Vogue foi tocada próxima o suficiente da versão original pra gerar uma grande aclamação. E o momento mais alto e catártico veio perto do fim, durante uma versão “hino gospel” de Like A Prayer, que utilizou um coro de 36 pessoas – o melhor uso de um coral desde I Want To Know What Love Is, do Foreigner. Em um show no qual temas e imagens religiosos predominam, aquele foi o ápice espiritual.

Se “luz” era o destino do show, ela o alcançou, enfaticamente. Depois que os sinos tocaram novamente, Madonna e a equipe entregaram o hino chiclete das boates Celebration, um convite a uma festa e à “dança da vida”.

Como foi na maior parte da noite, o palco estava incandescente com movimento e luz e som. Mesmo assim, não havia dúvida de quem havia sido a força no meio de toda aquela cor e movimento: a mulher que se apresentou a Kansas City duas horas antes e, finalmente, foi embora querendo mais.

BY TIMOTHY FINN
The Kansas City Star – Tradução de Leonardo Magalhães

Madonna emplaca a maior audiência americana e entra para o Guinness Book

Madonna - Super Bowl 2012

Madonna novamente no Guinness Book. Na edição 2013, a apresentação da rainha do pop no Super Bowl half-time show teve a maior audiência da história da TV americana com 114 milhões de telespectadores em fevereiro.

Madonna apresentou, na ocasião, o novo single “Give Me All Your Luvin'”, além dos hits “Vogue”, “Music” e “Like A Prayer”.

Madonna, em seus 54 anos de idade, abraça mais de 20 recordes mundiais, incluindo o de tournê feminina mais rentável da história (Sticky & Sweet Tour) e a de cantora que mais vendeu discos em toda história da música, além do livro infantil (As Rosas Inglesas) mais vendido em menos tempo e a de artista mais bem paga do showbiz.

Além de Madonna, Adele também entra no livro com o álbum 21 e o single “Rolling In The Deep”. Ela tem o mais vendido single digital nos Estados Unidos e Reino Unido (Rolling…) e álbum digital mais vendido com o “21” também nos Estados Unidos e Reino Unido.

Vamos rever a apresentação de Madonna no Super Bowl?

MADONNA 2012 Super Bowl: eis o set-list que Madonna cantará no evento em fevereiro


Eis o set-list oficial que Madonna cantará no Super Bowl no dia 05 de fevereiro:

– Gimme Me All Your Luvin Mix Stupid Hoe (feat Nicky Minaj and M.I.A)
– Vogue
– Mix 80s (Material Girl, Papa Dont Preach, Like a Virgin)
– Music 2012
– Holiday mix Celebration !

É esperar para ver. O setlist ainda pode mudar.

MADONNA 2012: track-listing do Super Bowl, Monte Pittman, Giovanni Bianco e áudio de Nicki Minaj

Novo álbum e Super Bowl

Giovanni Bianco é o responsável pela arte do novo álbum de Madonna. As fotos foram tiradas por Mert & Marcus com a produção de Arianne Phillips.

E Monte Pittman confirmou para a revista AXFMAN que estará presente com Madonna no Super Bowl 2012.

E segundo o site madonnarama, Madonna cantará por 15 minutos no Super Bowl no dia 05 de fevereiro, e pelos ensaios, este é o track-listing (rumor):

Gimme All Your Luvin (with Guests)
Ray Of Light
Vogue
Music
Holiday

Aniversário de Nicky Minaj

Ouça Madonna, MIA e equipe cantando os parabéns pelo aniversário de Nicky. A gravação aconteceu durante as filmagens de Gimme All Your Luvin.

MADONNA MDNA: Madonna fala sobre o novo álbum e confirma MASTERPIECE

Numa entrevista na noite de ontem no MoMa, logo após a exibição do filme W.E., em Nova York, Madonna falou sobre seu novo álbum. Madonna confirmou que “Masterpiece” será incluída em seu novo álbum e que Nicky Minaj e M.I.A. cantarão no disco em uma das faixas. Provavelmente “Give Me All Your Love”.
Sobre o Super Bowl, Madonna não tinha certeza se tinha autorização para confirmar sua performance. O anúncio oficial foi transmitido minutos atrás.

Madonna também mostrou-se orgulhosa de representar os italianos com suas roupas do estilista Roberto Cavalli. Assista o video:

MADONNA 2012: Mais informações divulgadas sobre o próximo álbum de Madonna

Com o vazamento de GIVE ME ALL YOUR LUVIN’, tudo leva a crer que todo o processo do novo álbum de Madonna foi adiantado, e então, mais rumores. Bem, ele conterá 14 faixas e mais 2 bonus tracks em uma edição especial.

Give me All your lovin’ é o primeiro single e será lançado até o fim do mês de Dezembro. O videoclipe será gravado pelo Megaforce entre dezembro e Janeiro e contará com a participação de MIA e Nicky Minaj.

A balada Masterpiece está sim no novo álbum e já na próxima semana uma série de testes de looks e photoshoots para o álbum começam. O novo visual será uma mistura entre a Madonna do “Virgin Tour” e a “Blond Ambition”.

“Girls Gone Wild” é uma canção com ar de Like a Prayer também fará parte do álbum e em Janeiro começam os ensaios para o Superbowl.