Arquivo da tag: historia

Madonna é a segunda artista mais importante da história

madonna confessions tour live to tell jesus

O jornal inglês Daily Mail fez uma lista com as 1000 pessoas mais importantes da história. Madonna, entre artistas, ficou apenas atrás de Elvis Presley.

“Nós desenvolvemos métodos computacionais para medir importância histórica através da análise de Wikipedia e outras fontes de dados. Nós classificamos figuras históricas assim como o Google classifica as páginas, através da integração de um conjunto diversificado de medidas sobre a sua reputação (incluindo PageRank, comprimento do artigo, e leitores) para estimativas de sua fama, explicado por uma combinação de conquistas e fama. Nós verificamos a passagem do tempo de maneira fundamentada para que possamos razoavelmente comparar a importância de figuras históricas de diferentes épocas.

– Os dados são classificados de acordo com as opiniões expressas na internet.
– Algoritmo prevê como pessoas importantes permanecerá 200 anos após a morte.

1. Jesus
2. Napoleon
3. Muhammad
4. William Shakespeare
5. Abraham Lincoln
6. George Washington
7. Adolf Hitler
8. Aristotle
9. Alexander the Great
10. Thomas Jefferson
11. Henry VIII of England
12. Charles Darwin
13. Elizabeth I of England
14. Karl Marx
15. Julius Caesar
16. Queen Victoria
17. Martin Luther
18. Joseph Stalin
19. Albert Einstein
20. Christopher Columbus
21. Isaac Newton
22. Charlemagne
23. Theodore Roosevelt
24. Wolfgang Amadeus Mozart
25. Plato
26. Louis XIV of France
27. Ludwig van Beethoven
28. Ulysses S. Grant
29. Leonardo da Vinci
30. Augustus
31. Carl Linnaeus
32. Ronald Reagan
33. Charles Dickens
34. Paul the Apostle
35. Benjamin Franklin
36. George W. Bush
37. Winston Churchill
38. Genghis Khan
39. Charles I of England
40. Thomas Edison
41. James I of England
42. Friedrich Nietzsche
43. Franklin D. Roosevelt
44. Sigmund Freud
45. Alexander Hamilton
46. Mohandas Karamchand Gandhi
47. Woodrow Wilson
48. Johann Sebastian Bach
49. Galileo Galilei
50. Oliver Cromwell
51. James Madison
52. Gautama Buddha
53. Mark Twain
54. Edgar Allan Poe
55. Joseph Smith, Jr.
56. Adam Smith
57. David, King of Israel
58. George III of the United Kingdom
59. Immanuel Kant
60. James Cook
61. John Adams
62. Richard Wagner
63. Pyotr Ilyich Tchaikovsky
64. Voltaire
65. Saint Peter
66. Andrew Jackson
67. Constantine the Great
68. Socrates
69. Elvis Presley
70. William the Conqueror
71. John F. Kennedy
72. Augustine of Hippo
73. Vincent van Gogh
74. Nicolaus Copernicus
75. Vladimir Lenin
76. Robert E. Lee
77. Oscar Wilde
78. Charles II of England
79. Cicero
80. Jean-Jacques Rousseau
81. Francis Bacon
82. Richard Nixon
83. Louis XVI of France
84. Charles V, Holy Roman Emperor
85. King Arthur
86. Michelangelo
87. Philip II of Spain
88. Johann Wolfgang von Goethe
89. Ali, founder of Sufism
90. Thomas Aquinas
91. Pope John Paul II
92. René Descartes
93. Nikola Tesla
94. Harry S. Truman
95. Joan of Arc
96. Dante Alighieri
97. Otto von Bismarck
98. Grover Cleveland
99. John Calvin
100. John Locke

+

111. Barack Obama
121. Madonna
130. Bob Dylan
162. John Lennon
271. Margaret Thatcher
356. Nelson Mandela
1483. David Cameron


Artistas Musicais:

69. Elvis Presley
121. Madonna
130. Bob Dylan
162. John Lennon

Não mencionaram o Michael Jackson e a Lista inteira (Top1000) não foi divulgada. E muitos fãs do Michael Jackson reclamando…

OPINIÃO DO MADWORLD: “Eu acho que levando em conta não apenas o contexto musical, mas social e político também, a Madonna é muito mais “importante” que o Michael Jackson, sim. Ele foi fenômeno de vendas e tudo mais, mas ele era uma grande moda que, apesar de ter qualidade, não precisava de muito pra ser consumido. Já a Madonna sempre foi pelo lado contrário e as lutas que ela travou durante a carreira atravessam e tiveram mais visibilidade do que qualquer coisa parecida que o MJ tenha feito. O que temos no Michael Jackson além da música de sucesso? Só polêmicas envolvendo a carreira e a sua sexualidade, enquanto Madonna… Bem, todos nós sabemos que ela responde pelos gays e pelas mulheres desde os anos 80, além de questões humanos relativas a fome, religião e diversas opressões que ela faz questão de expor sempre, dando a cara a tapa. A mesma coisa o Lennon e o Dylan em relação ao MJ. Agora o Elvis nem precisa de argumentos.”

Adele quebra o recorde de “The Immaculate Collection”, de Madonna, no Reino Unido

O segundo álbum de Adele, 21, em homenagem a sua idade quando ela o escreveu, liderou as paradas em 10 países e vendeu 3,7 milhões de cópias no Reino Unido e 5,5 milhões de cópias nos EUA no ano passado. O álbum 21 está há dez semanas  CONSECUTIVAS no primeiro lugar da lista dos discos mais vendidos no Reino Unido.

Nenhum disco esteve tanto tempo no topo dos music charts desde o álbum The Immaculate Collection, de 1990, da rainha da pop, Madonna, que é um recorde de Madonna a exatos 21 anos atrás – coincidência.

The Immaculate Collection, primeira compilação de maiores sucessos, foi lançado em Novembro de 1990. Ele incluiu duas novas canções, “Justify My Love” e “Rescue Me”. O álbum foi certificado pela RIAA com disco de diamante pelas 11 milhões de cópias nos EUA. Em todo o mundo, vendeu mais de 32 milhões de cópias, tornando-se a coletânea mais vendida por um artista solo na história. “Justify My Love” alcançou o número um na Billboard Hot 100 e o Top 10 em várias paradas ao redor do mundo.

A HISTÓRIA POR TRÁS DA FALÊNCIA DE TONI BRAXTON

Toni Braxton declarou falência em 1998, tendo vendido 40 milhões de álbuns. Diz-se que Toni Braxton pediu concordata para terminar o seu contrato de gravação com LaFace. Toni assinou um contrato em 1997 feito por seu empresário e namorado, que deu um golpe na cantora. Por cada CD vendido, ela ganhava 0,10 centavos e ele 0,40 com o aval da gravadora. A gravadora faturou 140 milhões só com as vendas deste CD, já que toda a venda foi pra gravadora. Foi um duro golpe pra cantora que não recebeu praticamente nada por UN-BREAK MY HEART – um dos maiores sucessos da história musical mundial – No fim das contas, TONI PAGAVA PARA TRABALHAR. Ela processou a ARISTA, mas perdeu.

Toni acumulou uma dívida de $4 milhões e confiscaram todos os seus bens, incluindo aqueles seus dois Grammys em 1997 para liquidar a dívida. Apesar do conflito com LaFace que quase a deixou na rua, Toni Braxton chegou a assinar um novo contrato em 1999 e ganhou cerca de $ 25 milhões por seu trabalho.

Mas ela não desistiu, continuou a gravar e lançou os seguintes CDS:

1993: Toni Braxton (#1 na Billboard – 10 milhões mundialmente
1996: Secrets (#2 – 15 milhões mundialmente)
2000: The Heat (#2 na Billboard – 4 milhões mundialmente)
2001: Snowflakes (#119 na Billboard – 600 mil mundialmente – álbum de natal)
2002: More Than a Woman (#3 – 800 mil cópias mundialmente)
2005: Libra (#4 – 679,000 mil cópias vendidas)
2010: Pulse (#9 na Billboard)

No dia 07 de outubro – O SUSTO – Toni Braxton entrou com um pedido de falência pela segunda vez na Califórnia. A dívida estimada entre 10 e 50 milhões de dólares de pendências em diferentes estados americanos, inclui desde lojas como a Tiffany até dívidas do cartão American Express e a Companhia de Energia Elétrica de Nevada. As dívidas da primeira falência foram pagas com as vendas do CD THE HEAT.

facebook.com/mvlmoraes

Uma performance live de HANDS TIED, linda balada do último CD: