Arquivo da tag: Família

Madonna fala sobre Trump, filmes e mais para a Billboard

entrevista-madonna-billboard-magazine-elizabeth-banks

A atriz Elizabeth Banks, que estrelou “Destino Insólito” com Madonna em 2002, a entrevistou para a mais recente edição da revista Billboard de dezembro. Não deixe de ler!

Onde você está hoje?
Estou em Nova York, tentando organizar meu evento de arte para o “Raising Malawi”. Apenas lidando com artistas e gente temperamental.

Quantos artistas serão apresentados?

Serão provavelmente 12 trabalhos de arte. Eu quis dar preferência a artistas que eu coleciono ou amigos, ou até mesmo arte da minha própria coleção. No início, seria apenas arte, mas agora temos experiências, então estou tentando deixá-las o mais interessantes possível. Por exemplo, uma peça é de uma viagem minha ao Malawi, o berço de meus filhos David e Mercy. Outra é de um jogo de pôquer com Jonah Hill e Ed Norton, além de uma na casa de Leonardo DiCaprio em Palm Springs. Não achei que seria tão complicado, mas, enfim, é a vida. É complicado porque mexo com tudo: a iluminação, as cortinas, as flores, a decoração, a comida. Já provei muito vinho ruim. Este leilão é uma extensão minha, então quero que tudo esteja lindo e de bom gosto. Fica cansativo porque preciso estar presente em todos os aspectos: quem vai falar, os figurinos, as músicas…

Continue lendo Madonna fala sobre Trump, filmes e mais para a Billboard

Madonna passa o reivellon na Suiça

Madonna passou o reivellon ao lado do namorado Brahim Zaibat e da família em Gstaad, na Suíça. O casal aproveitou o último dia do ano para praticar esqui.

madonna-valentino-giancarlo-annehathaway-new-year2013

A passagem de ano foi animada ao lado de Valentino, Giancarlo Giammetti e a atriz Anne Hathaway.

Mais fotos (clique nas imagens para ampliá-las)

Casa em que Madonna cresceu é posta à venda por R$ 76 mil

A casa em que Kate Middleton cresceu entrou no mercado antes do afamado casamento com o príncipe William por 495 mil libras (R$ 1,244 milhão). O imóvel em que Paris Hilton morou de 2004 a 2007 está sendo alugado a US$ 20 mil (31,3 mil) por mês. Já o dono da casa em que Madonna cresceu não teve a mesma sorte.

Nem mesmo o fato de ser um símbolo pop pôde elevar o preço do imóvel, que fica em Rochester Hills, perto de Detroit. O sobrado de quatro quartos está à venda pelo preço de US$ 48,6 mil (R$ 76 mil), bem abaixo da média da região, de US$ 173,4 mil (R$ 271 mil), segundo o site especializado Zillow.

Atingida por um incêndio em 2008, a casa permaneceu vazia e sem reparos, estando danificada ainda hoje. O imóvel tem quatro quartos, dois banheiros, uma lareira na biblioteca e uma garagem com duas vagas.

A propriedade onde Madonna viveu até os 18 anos foi mantida pelos pais da popstar até julho de 2001, quando foi vendida por US$ 270 mil. Em novembro do mesmo ano, ela foi posta à venda no eBay, em um leilão de 12 minutos. Na ocasião, Sam Michael arrematou a propriedade por US$ 331 mil, dizendo ao jornal Detroit News que planejava obter lucros ao revendê-la.

Os planos foram frustrados, já que, segundo o histórico mantido pelo Zillow, o imóvel foi vendido em 2004 por US$ 324 mil. Uma nova venda ocorreu em 2005, dessa vez por US$ 245 mil. O sobrado recebeu ainda uma nova oferta, em 2008, pouco antes do incêndio.

Filha adotiva de Madonna, Mercy Jones, vai conhecer família biológica

Menos de um ano depois de conseguir adotar a pequena Mercy James, Madonna voltará ao Malauí com a filha para encontrar a família biológica da criança.

De acordo com o The Sun, a Rainha do Pop está planejando viajar para o páis na segunda-feira, dia 5, onde também quer encontrar o pai biológico de David Banda, primeiro filho adotado de Madonna.

Uma fonte contou ao tablóide inglês:

Ela [Madonna] prometeu levá-los de volta a sua terra natal. Ela considera vital que eles entendam suas raízes.

Os outros dois filhos de Madonna, Lourdes Maria e Rocco, devem acompanhar a mãe e os irmãos na viagem.

Christopher Ciccone fala sobre a irmã Madonna

Irmão mais novo da cantora Madonna, Christopher Ciccone passou dezoito anos trabalhando com a estrela do pop. A convivência foi interrompida há cinco anos, quando Madonna descobriu que o irmão usava drogas. Recentemente, Christopher lançou o livro A Vida com Minha Irmã Madonna (Editora Planeta), no qual desfia histórias sobre Madonna e aqueles que a cercam, como o ex-marido Guy Ritchie. Christopher conversou por telefone com o repórter Sérgio Martins.

É bom ou ruim ser o irmão de Madonna?
Quando nos falávamos, era bom. Eu ia a todas as festas, com bebida liberada. Foi inesquecível dirigir alguns de seus clipes e, sobretudo, conhecer Gene Kelly, um dos meus ídolos, que fez coreografias para minha irmã. Assim que brigamos, contudo, pessoas que antes me tratavam muito bem se esqueceram de mim. Esse foi um lado ruim, cruel.

Qual rejeição o deixou magoado?
Sem dúvida, a de Demi Moore. Tivemos nossos atritos, é verdade. Certa vez, ela pediu que eu decorasse o quarto de seus filhos sem ao menos perguntar se eu cobraria pelo serviço. Sabe o que fiz? Comprei móveis numa loja popular e mandei entregar na casa dela. Para mim, foi uma maneira educada de dizer “Vê se se enxerga”. Mas sempre achei que ela fosse minha amiga. Desde que briguei com Madonna, nunca mais recebi uma ligação sua. Isso me deixou triste. Ela é uma mimada e me usou como se eu fosse um animal de estimação.

Madonna deixou de falar com o senhor por causa do seu vício em drogas. O senhor está curado?
Meu grande vício sempre foi Madonna. Ela preencheu anos e anos da minha vida. Quanto às drogas, digamos que tenho um lado negro que preciso alimentar de vez em quando.

Qual foi a reação de Madonna ao seu livro?
Quando soube que eu estava escrevendo a seu respeito, Madonna disse a nosso pai que não gostaria de lê-lo. Seu advogado mandou uma carta ameaçando-me de processo. Até agora, não sofri nenhum tipo de retaliação. Não há nada no livro que possa provocar um processo. Além disso, a vida pessoal de minha irmã anda tão atribulada que ela mal deve ter tido tempo de prestar atenção no livro.

Por que expor a intimidade de sua irmã?
Sei o que você está pensando: o ressentido que não fala com a irmã famosa resolveu vingar-se. Mas eu não fiz um livro sensacionalista. A Vida com Minha Irmã Madonna traz detalhes preciosos sobre sua carreira, bem como informações sobre como ela se prepara para cada turnê.

O senhor ficou surpreso com o anúncio do divórcio de Madonna e Guy Ritchie?
Meu pai e meus irmãos sabiam que o casamento estava naufragando. Nunca comentaram nada comigo, por causa da briga que existe entre nós. No fundo, eu sabia que o casamento não daria certo. Guy é um sujeito problemático. Madonna nunca achou de verdade que ele fosse o homem de sua vida.

Sua irmã envelhece bem?
É difícil chegar aos 50 anos, ser ainda desejável e entreter uma platéia noite após noite, como ela faz. Minha irmã realizou as plásticas indispensáveis, no que fez muito bem. Eu também pretendo entrar na faca quando envelhecer.

Correm notícias de que o senhor está escrevendo outro livro. Deixe-nos adivinhar: será sobre Madonna?
Vou fazer muitas coisas. Um musical sobre uma diva e seu secretário. Um filme sobre um serial killer que ataca na Califórnia – e que talvez tenha sósias das amigas de Madonna entre suas vítimas. E um livro, sim, mas sobre minha experiência como gay.

| Fonte: Revista Veja – Edição 24 de dezembro de 2008 |