Madonna processa associação de moradores por proibir visitas de familiares

madonna processa associação de moradores

Madonna possui residências no mundo todo e acaba de processar a associação de moradores do bairro Upper West Side por tentar pôr em prática uma lei que a obriga a estar presente no apartamento de US$7,3 milhões quando algum familiar ou membro da equipe estiver lá.

O processo contra o prédio Harperley Hall na rua 64 afirma que o Conselho agiu de forma ilegal ao mudar o contrato de aluguel em abril de 2014, determinando que os filhos de Madonna e os funcionários não podem morar lá a menos que ela esteja presente no momento.

“A pleiteante é uma artista mundialmente famosa, que está constantemente em turnês”, Sua Majestade esbraveja no documento. “Como tal, a pleiteante possui muitas residências pelo mundo e viaja extensivamente”.

O novo contrato também proíbe qualquer menor de 16 anos de morar no apartamento, a menos que haja um adulto com mais de 21 anos presente.