Morrissey defende Madonna na luta contra o preconceito da idade

Morrissey-Madonna

O ex-vocalista da banda The Smiths já brigou com Madonna desde o início da carreira, e já a chamou de “absurda”, “ofensiva” e “quase uma prostituta”. No entanto, ele agora defende a veterana do Pop após as acusações dela contra os chefes da rádio britânica BBC Radio 1 no início do ano, por banirem a música dela por causa da idade. Ele contou ao jornal espanhol El Mundo:

“Acho que Madonna está certa. Por exemplo, a rádio BBC não toca a música dela por ela estar velha. Mas a música é boa ou ruim, e a idade do cantor é irrelevante. Com este gesto, a Radio 1 tenta parecer antenada, mas só mostra ser ridícula, pois diz que a música só vai interessar aos jovens, independente dela ser boa ou não. Pra quê serve isso?”.

Morrissey não é o primeiro astro a apoiar Madonna na luta contra o preconceito da idade. Na semana passada, Rita Ora agradeceu a ela por “abrir caminho” aos cantores mais velhos. “Obrigada por lutar contra estes preconceitos e por abrir caminho, pra que, talvez um dia, todos nós, ‘jovens” artistas, não os tenhamos no futuro!”.