David Fincher fala sobre Madonna

david fincher fala do seu trabalho com MadonnaEm entrevista à Playboy, o diretor David Fincher fala sobre os talentos visuais de Madonna.

Você dirigiu alguns dos clipes mais estilosos de Madonna, como Oh Father, Vogue e Bad Girl, sendo que este último representa uma femme fatale que é estrangulada com uma meia-calça. Por que você acha que Madonna nunca se deu bem nas telonas?

Madonna é muito talentosa, esperta. Os diretores que fizeram os melhores clipes com ela – incríveis coisas românticas, como as que Jean Baptiste-Mondino (Justify My Love) fez – foram aqueles que receberam a permissão dela para arriscarem e realmente envolverem-na. Eu fiz comerciais para ganhar dinheiro, mas fiz videoclipes numa espécie de escola de cinema. Aprendi que a melhor forma de lidar com Madonna era seguir o ímpeto dela, pois o artista em um clipe não é apenas a estrela, mas também o estúdio. Eu poderia dizer a ela: “Preciso que faça de novo. Preciso que pare de piscar os olhos. Preciso que abaixe a droga do queixo. E preciso que você melhore”. Fosse Madonna, Brad Pitt ou Ben Affleck, sei muito bem que o trabalho foi financiado por causa deles. Mas eles precisavam saber que eu os tiraria de suas marcações, os colocaria num local mais confortável, porque havia muita tensão.